Lean Manufacturing – combate ao desperdício dos defeitos

O Lean Manufacturing é um caminho seguro para as atividades de melhoria, por sua filosofia e vasta quantidade de ferramentas idealizadas para este propósito

Publicado em 9 de agosto de 2019 | 17:22 |Por: Portal eMóbile

Conforme abordado anteriormente, através do Lean Manufacturing, as empresas são capazes de identificar os 8 desperdícios existentes em sua operação, os quais se não administrados são capazes de consumir boa parte ou até a totalidade de seu resultado operacional. Classificam-se em:

1) Defeitos
2) Sobre Produção
3) Espera
4) Talentos
5) Transporte
6) Estoque
7) Movimentação
8) Processamento

Através do Gemba Walk, o administrador do negócio consegue identificar visualmente a existência de tais desperdícios, porém, precisa de ajuda pra erradicá-los. O trabalho em equipe é o caminho para o tratamento de tais desperdícios, mas antes disso, é preciso conscientizar os colaboradores da necessidade de combatê-los.

Através da Comunicação, o administrador consegue mobilizar as equipes para tal combate, contudo, existe a necessidade de preparação e apoio ao grupo de trabalho. O Lean Manufacturing torna-se um caminho seguro para as atividades de melhoria, tanto por sua filosofia como pela vasta quantidade de ferramentas idealizadas para este propósito.

No presente vídeo o combate é dedicado ao primeiro dos desperdícios do Lean Manufacturing:

O desperdício dos DEFEITOS

No decorrer dos capítulos subsequentes apresentaremos as ferramentas mais apropriadas para cada caso, sendo que para os defeitos, destacamos o DIAGRAMA DE ISHIKAWA e os 5 PORQUÊS, embora de uma maneira mais avançada outras também participem do combate aos defeitos tais como o Pareto, os 5 Ss e outras mais.

O Diagrama de Ishikawa torna-se valioso quanto aos defeitos visto que através do conceito dos 6 EMES, consegue classificar as causas da origem dos mesmos. Seja devido ao MÉTODO DE TRABALHO, à MATÉRIA-PRIMA, à MÃO-DE-OBRA, às MÁQUINAS OU EQUIPAMENTOS, às MEDIDAS OU QUESTÕES RELACIONADAS AO PROJETO, ou ainda outros fatores provenientes do MEIO-AMBIENTE.

Porém, para efeito didático optamos por conduzir a metodologia de uma maneira mais focada e menos abrangente, de forma que facilite sua compreensão por aqueles que acompanham o desenvolvimento deste raciocínio em direção ao aumento do resultado operacional através da redução dos desperdícios LEAN.


Claudio Perin

Engenheiro mecânico formado pela Unicamp, pós-graduado em desenvolvimento gerencial e administração estratégica. Iniciou suas atividades na Promon Engenharia de onde partiu para o setor moveleiro. Ocupou diversos cargos de gerenciamento industrial em renomados fabricantes de móveis como Santos Andirá, Moval, Casa Verde, Irmol e Marabraz. Também foi professor universitário de administração de empresas e tecnologia moveleira na Unifev de Votuporanga (SP) por 4 anos, formando e capacitando profissionais líderes do setor. Com mais de 25 anos no setor moveleiro, construiu uma sólida carreira adquirindo profunda bagagem no ambiente fabril do mobiliário. Atualmente comanda as atividades do Portal do Montador e exerce atividades de consultoria estratégico-industrial tanto em fabricantes como em lojistas do setor moveleiro.

Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646