Sindimol anuncia iniciativa para estimular exportação de móveis

Ao lado do governo estadual capixaba, sindicato fecha importante parceria com a Apex

Publicado em 13 de setembro de 2019 | 11:01 |Por: Everton Lima

Os empresários capixabas que estão planejando investir na exportação de móveis ganharam um novo aliado nessa missão. O Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário de Linhares e Região Norte do Espírito Santo (Sindimol) terá uma sala dedicada apenas a esses assuntos, em seu escritório na cidade de Linhares.

A iniciativa terá como objetivo criar um escritório do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) na cidade. Esse programa de qualificação é uma iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Assim, a Apex tem como principal missão o incentivo à exportação de produtos brasileiros, por meio de promoção e qualificação dos empresários.

Parceria estratégica com o Sindimol

Para contribuir para que os produtos capixabas encontrem compradores em mercados externos, a Apex contará com o apoio do governo estadual, por meio da Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo (Sedes) e da Fundação de Amparo à Inovação e Pesquisa (Fapes). Além do suporte do Sindimol.

Para o presidente do sindicato, Ademilse Guidini, essa união de forças, em prol dos empresários do Espírito Santo, será fundamental para incentivar a busca por parcerias internacionais. “Esse escritório é importante porque serve de apoio e estimula as empresas na exportação. Além disso, vai dar sustentação às empresas que já atuam na exportação”, explica.

– Produção industrial varia -0,6% no mês de junho

– Pesquisa de mercado: como a internet pode ajudá-lo a entender o seu cliente?

Apoio no local

Os especialistas do PEIEX visitarão as empresas que demonstrarem interesse em exportar. Assim, poderão oferecer um diagnóstico, indicando quais ações devem ser tomadas para que o negócio atenda exigências de países específicos, por exemplo.

“A partir do interesse da empresa, caso ela atenda aos requisitos iniciais, o técnico produzirá o seu perfil, fará um diagnóstico, em seguida um plano de trabalho, e por último um plano de exportação”, diz o coordenador do programa, Francisco Ramaldes.

Empresas de todos os segmentos poderão participar da ação, desde que tenham capacidade produtiva para exportar e capacidade de adequarem seus produtos às exigências internacionais. Nesse caso, o empreendedor pode ir até à sede do Sindimol e conhecer melhor o programa.

Gostou dessa iniciativa? Então, compartilhe as notícias do setor moveleiro com outros empreendedores pelas redes sociais e grupos de WhatsApp!

(com informações de assessoria)


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646