Marcenaria de sucesso: conheça a história do seu Geraldo

Ex-bancário empreendeu no ramo de marcenaria há trinta anos. Hoje ele emprega dezenas de pessoas

Publicado em 12 de agosto de 2019 | 14:21 |Por: Everton Lima

Ao observar o dia a dia de trabalho da “Móveis da Casa”, fica nítido de que estamos diante de uma marcenaria de sucesso. Contudo, o que os clientes e outros visitantes não percebem é que os bons resultados experimentados pela empresa são frutos das escolhas de seu fundador, o marceneiro Geraldo de Almeida.

Há trinta anos, ele trabalhava como gerente de banco, no interior paulista. Formado em Administração de Empresas (Fundação Miguel Muffarrej), ele conta que a paixão pela marcenaria surgiu pela necessidade constante de comprar móveis. “Eu mudei de cidade muitas vezes quando trabalhava no banco e sempre precisei de um profissional nessa área (marcenaria)”, revela.

Empreendedorismo

A carreira sólida no setor bancário teve que ser interrompida devido aos problemas de saúde que o bancário experimentava na época. Foi aí que ele percebeu que precisaria de uma nova profissão.

As conversas constantes com os marceneiros que haviam criado os seus móveis fizeram com que ele se interessasse pela marcenaria. “Segui o conselho dos consultores do Sebrae, que entendem do assunto, e resolvi abrir a minha própria marcenaria”, conta.

– “O que esperar do futuro do setor moveleiro?” acontece em Bento Gonçalves

Assim, surgiu um negócio lucrativo que emprega mais de 30 pessoas na cidade de Ribeirão Claro (PR). Além disso, a empresa também tem clientes em cidades de todo o Brasil, focando, no mercado paulista e paranaense. “É como trabalhar numa fábrica de sonhos, nós realizamos o projeto de designers e arquitetos. E isso é muito gratificante!”, comemora.

Marcenaria de sucesso

Certamente, o empresário tem algumas dicas para quem deseja empreender no setor de marcenaria. Ele aconselha os empreendedores a comprarem produtos de qualidade, principalmente tintas. Ele recomenda a marca Sayerlack.

A fim de economizar, ele confessa que já teve prejuízos ao usar tintas mais baratas: “Em outra ocasião testei uma tinta mais barata, o que resultou em prejuízo em função da baixa durabilidade e do resultado inferior. Foi necessário refazer o trabalho utilizando a linha da Sayerlack”, revela.

Para manter sua marcenaria de sucesso, o gerente da “Móveis da Casa” afirma que mantém um rigoroso cuidado com os produtos que compra. Sendo assim, ele foca na qualidade sempre.

(Com informações de assessoria)


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646