Investir em móveis silenciosos e ferragens com amortecimento é diferencial

Profissionais da Bigfer, Häfele e FGVTN comentam sobre soluções que auxiliam na concepção dos móveis que levam consigo o silêncio e o conforto

Publicado em 11 de dezembro de 2018 | 08:00 |Por:

Apostar em ferragens de qualidade é uma forma de agregar valor ao móvel sob medida. Para garantir a satisfação completa do cliente, o marceneiro tem a opção de usar ferragens com sistemas de amortecimento, que deixam o móveis silenciosos e duráveis, além de propiciar mais conforto no dia a dia do usuário.

“O consumidor final se encanta ao ver uma porta ou uma gaveta fechando de forma mais suave. Além disso, aumenta a durabilidade dos móveis, pois os sistemas de amortecimento evitam as pancadas no fechamento impedindo que as ferragens desregulem”, afirma a coordenadora de marketing da FGVTN, Tatiana Burigo.

Divulgação Bigfer

Móveis silenciosos

Gaveta Elétrica Easys, da Bigfer

Dentre as soluções que podem ser encontrados na versão com tecnologias de amortecimento estão as dobradiças, corrediças, gavetas metálicas, sistemas deslizantes e de articulação. Em dobradiças, a Häfele em grande parte dos produtos que comercializa já tem sistema de amortecimento integrado.

“Como produto de entrada temos a Metallamat, com montagem pelo sistema slide-on, feito por meio de dobradiças de calço e fechamento automático.

Para o segmento de médio-alto padrão há a Metalla Clip Soft Close, que possui sistema de fechamento integrado à ferragem. Já para a linha de alto-padrão temos a Duomatic”, pontua o gerente de produtos, Thomas Schwenne.

A Bigfer trabalha com duas linhas de dobradiças com amortecimento, uma de fabricação própria e outra da marca alemã Hettich, comercializada pela empresa.

“A dobradiça da Hettich é a Sensys, que é acionada a partir de uma abertura de somente 35°. Além disso, também não sofre com variação de calor, resistindo a temperaturas de 5º a 40ºC”, explica a analista de marketing e mercado, Leticia Kercher.

Já para portas de correr a FGVTN indica aos marceneiros o sistema deslizante SDS 600 Slow e o SoftDoor com slowmotion, um auxílio para o desenvolvimento de móveis silenciosos. “O acessório possui amortecimento integrado tanto na abertura quanto no fechamento das portas, além do exclusivo amortecedor central para armários de três portas. O SoftDoor é um amortecedor fixado no trilho superior”, detalha Tatiana.

“O sistema Smuso faz uso da tecnologia de amortecimento a ar, pode ser usado em vários sistemas deslizantes e tem capacidade de carga de até 120 kg”, detalha o gerente de produtos da Häfele, Ricardo Schartner, a respeito da tecnologia de amortecimento Smuso. Por meio de um amortecimento a ar, que freia as portas de forma suave e silenciosa, o item leva as folhas até a sua posição final de forma leve e segura.

Gavetas e sistemas de articulação
Quanto a linha de corrediças para gavetas, há uma vasta lista de opções com tecnologias de amortecimento, como telescópicas e invisíveis. Para essa finalidade, a Häfele trabalha com as corrediças invisíveis Ampari e Vollari, além dos modelos de gavetas metálicas Alto Drawer e Moovit. A FGVTN que possui opções de corrediças e gavetas metálicas com amortecimento, destaca a linha TN e a AvantBox, todas opções que agregam em móveis silenciosos.

Para os marceneiros que preferem um toque tecnológico em seus projetos, há os sistemas elétricos, tendência em projetos modernos. “A partir da instalação de uma torre elétrica dentro do móvel, as gavetas abrem e fecham com um toque”, comenta Letícia, sobre o sistema elétrico da Bigfer. Além disso, a empresa também desenvolve a linha de corrediças invisíveis Quadro, que torna mais leve a abertura das gavetas.

Divulgação Hettich

Móveis silenciosos

Dobradiça Sensys, da Hettich

O crescimento de moradias com metragem cada vez menor tem aumentado a demanda por móveis silenciosos que otimizam espaço. Para isso, uma das formas encontradas é adotar sistemas de articulação para portas. “A FGVTN possui o AeroBus, que dispensa a aplicação de dobradiças e possui sistema de amortecimento acoplado no fechamento da porta”, indica Tatiana.

No mesmo nicho, a Häfele desenvolveu a linha Free. “Ela necessita de menos de 50 gramas de força para iniciar o movimento e também possui opção multiparada”, destaca Schartner que acrescenta que o diferencial da linha Free está no sistema de amortecimento que atua no abrir e fechar das portas, facilitando o acesso até mesmo de pessoas com baixa estatura.

Estratégias de venda
Uma ferragem com amortecimento pode chegar a custar o dobro quando comparada com a versão simples da mesma. Entretanto, fabricantes e marceneiros defendem que tais tecnologias se encaixam na definição de bom custo-benefício, o importante é saber explorar os recursos e diferenciais com os clientes que buscam móveis silenciosos.

“Muitos marceneiros deixam de oferecer ferragens diferenciadas aos clientes com medo de encarecer os produtos. Dessa forma, acabam brigando por preços e sofrendo com margens cada vez mais reduzidas. Porém, se esquecem que o material, na maioria das vezes, representa apenas uma quinta parte do todo. E a ferragem, menos ainda. Só falar da durabilidade, da carga maior, da estabilidade ao abrir e fechar não basta. É preciso salientar a estética e, principalmente, a diferenciação para o móvel do concorrente”, defende o consultor Anderson Rios.

– Estratégia de produção e disposição de materiais auxiliam no layout da marcenaria

O proprietário da AR Marcenaria e Design, André Luiz Gregório, aconselha os colegas de profissão a detalhar na etapa de projeto e mostrar para o cliente a diferença de valor do móvel com e sem os sistemas de amortecimento. “Eu explico que o resultado final é um móvel que não faz barulho, que resiste às pancadas. Dessa forma ele entende que não é um custo e sim um investimento”, destaca Gregorio.

Reportagem originalmente publicada na edição 102 da Móbile Sob Medida


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646