IBGE divulga novos dados sobre a indústria

Estados da região se Sul se destacam, seguidos por Amazonas e Pará

Publicado em 10 de outubro de 2019 | 08:30 |Por: Everton Lima

Em um país de dimensões continentais como o Brasil, é natural que algumas regiões apresentem resultados econômicos diferentes umas das outras. Por isso, O IBGE analisou o desempenho industrial de 15 locais do país.

Os resultados mostram uma desaceleração da indústria paranaense. Depois de liderar as atividades industriais brasileiras no mês de julho, o estado cresceu apenas 0,3% entre julho e agosto. Comparado com agosto de 2018, o crescimento foi de 2,3%. O acumulado dos últimos 12 meses da indústria paranaense é de 4,5%. Trata-se do segundo maior resultado acumulado entre as 15 regiões analisadas.

O primeiro lugar na lista dos locais com o melhor resultado industrial acumulado é o Rio Grande do Sul. Nos últimos 12 meses, a atividade industrial gaúcha cresceu 6,6%. No entanto, ela caiu 3,4% entre agosto e julho de 2019. Comparada ao mesmo período do ano passado, a queda foi ainda maior: -6,3%.

Assim, o terceiro estado dessa região, Santa Catarina, apresenta um resultado acumulado dos últimos 12 meses de 3,2%. É o terceiro maior do país. Portanto, até agora, os três melhores índices percentuais desse indicador pertencem à região Sul.

Entre agosto e julho, a atividade industrial catarinense encolheu 1,4%. Comparando com agosto de 2018, também houve queda: -3,1%.

Pará e Amazonas crescem dois dígitos, de acordo com IBGE

Os estados da Região Norte vêm se destacando na análise divulgada mensalmente pelo IBGE. Os bons resultados têm contribuído para que o indicador nacional se mantenha positivo. Em agosto, toda a indústria nacional cresceu 0,8%, comparada a julho.

A indústria paraense cresceu 6,8% nesse período e 12,8% comparada a agosto de 2018. Já no Amazonas, o crescimento foi ainda maior: 7,8% entre julho e agosto e 13% entre agosto dos dois anos.

– Listamos as principais matérias do eMóbile nos meses de agosto e setembro

Depois de três meses de queda, indústria paulista cresce

O estado de São Paulo abriga a maior quantidade de indústrias do Brasil. Em agosto, as atividades industriais paulistas cresceram 2,6%. O bom resultado foi possível graças à indústria açucareira.

Desse modo, de acordo com o IBGE, o estado rompe com um ciclo de três meses consecutivos de quedas.

 


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646