Cozinhas modernas e inteligentes para moradias compactas

Publicado em 30 de maio de 2022 | 14:35

A cozinha dos sonhos é um desejo de muitos consumidores. É o ambiente que incorpora novas soluções e estilos em sintonia com as mudanças de comportamento dos consumidores, nascem as novas soluções em tecnologias e design, oferecendo mais funcionalidade e praticidade para o dia a dia, construindo caminhos para uma vida mais sustentável.

É fundamental as indústrias pensarem em projetar cozinhas que caibam nos pequenos espaços, mas não esqueçam de comunicar informações que ajudem a tomarem as decisões. Um exemplo são os desenhos com as medidas dos vãos e as vistas possíveis para que o seu potencial consumidor visualize seu ambiente e não compre uma cozinha que não caiba no espaço. Comunicar como ele deve planejar as profundidades, em função dos eletrodomésticos e utensílios é uma forma de se diferenciar daqueles fabricantes que reduzem tanto as medidas que o armário não tem profundidade para armazenar um prato de refeição.

Os “open spaces” são um atrativo em apartamentos compactos, porque os consumidores preferem a cozinha integrada à sala, compartilhando os espaços e a socialização. Por isso o design é cada vez mais pensado para esse consumidor, incorporando formas, estilos, novos materiais e, principalmente, funcionalidade de organização. As tendências de bancadas em ilhas são soluções que tornam a cozinha mais versátil e possibilita integrar os ambientes, nesse caso é necessário pensar com estilo no design, na decoração das paredes e nos utensílios para propor um ar mais aconchegante.

Atualmente os fabricantes de cozinha são demandados pra criar propostas para os espaços compactos, as chamadas minicozinhas, acompanhando a tendência das gerações que buscam experiências pautadas em valores como compartilhamento e sustentabilidade, em espaços cada vez mais reduzidos. São cozinhas compactas, que consomem menos material, com prateleiras abertas, sem portas, com suportes para organizar os acessórios e pendurar o básico. Por isso o design deve facilitar a elaboração dos alimentos, e seu projeto oferece menos armários fechados e mais espaços abertos, possibilitam o acesso a tudo, inspiradas nos modelos de cozinhas de restaurantes.

As moradias compartilhadas também são uma tendência da geração minimalista, que aposta no conceito “menos é mais”, em espaços cada vez menores. Será fundamental ter uma cozinha organizada. Os carrinhos com armazenamento portátil e bancada extra são uma solução para aquele espaço parecer seu, são peças multiuso compactas e funcionais. Além disso, a cozinha deve poder identificar o espaço que cada morador terá com etiquetas, por exemplo.

É relevante pensar em projetar ganchos, cabides e trilhos individuais para armazenar e pendurar coisas, e boas soluções para panos, frigideiras e utensílios. As prateleiras abertas para armazenamento oferecem soluções à vista do consumidor, trazendo funcionalidade e economia de material. Criar espaços para pensar em reciclagem é uma necessidade nos grandes centros urbanos, aproveitando cantos e nichos.

Há quem goste de ocultar a cozinha, tornando os espaços compactos mais apropriados para os diferentes usos, são cozinhas dentro de armários com portas piso teto que ficam completamente fechados e só são abertos para preparar os alimentos.

O projeto de modelo deve ser diversificado, já que estilo e design devem atender os diferentes gostos dos consumidor, diversifique nas cores e frentes de cozinhas, puxadores. Os tampos devem se destacar e combinar com o estilo da cozinha, observem as profundidades adequadas para realizar as tarefas, além da resistência e facilidade de limpeza.

Para traduzir essa tendência de valorização dos ambientes compactos é possível incorporar mudanças sutis ao projeto de cozinha “simples” ou criar um sofisticado estilo “americano”, com portas com molduras, puxadores concha ou lineares em madeira, ampla gama de cores em tons de azul, cinzas, verdes e rosas, portas com vidros e cristaleiras. O principal é seu cliente estar satisfeito com a compra e com a garantia, de acordo com a necessidade.

O conteúdo dos textos das colunas do Portal são de inteira responsabilidade dos seus autores originais

Andrea Krause

Designer e especialista em comportamento de consumo, formada em Desenho Industrial pela FAAP, com Mestrado pela FAUUSP. Com mais de duas décadas de experiência no desenvolvimento de materiais para o setor moveleiro e de construção civil. Atua como consultora de marketing, ministra cursos e palestras sobre Tendências. Estuda macrotendências do morar e formação de gosto, especialista do tema “Cor”.

Receba nossa Newsletter