Autoridades realizam abertura oficial da 15ª edição da Femur

Feira aponta momento de retomada e otimismo para o mercado

Publicado em 24 de janeiro de 2022 | 20:10 |Por: Vanessa Santos

Na tarde desta segunda-feira (24), autoridades de Ubá e região reuniram-se na sede do Intersind para a abertura oficial da 15ª edição da Feira de Móveis de Minas Gerais. Considerado um dos maiores eventos do segmento do país, a FEMUR 2022 recebeu o selo “evento seguro”, que autoriza a sua realização conforme os protocolos em combate a COVID-19. Entre os expositores, estão 70 empresas do polo moveleiro, e de acordo com a organização, o público do primeiro dia já superou as expectativas.

Com a voz embargada, quem tomou a palavra inicial foi o Presidente do Intersind e um dos maiores entusiastas da feira, Aureo Calçado Barbosa. “Estou emocionado e muito contente em recebê-los na ‘Cidade Carinho’. Ainda atravessamos um momento de pandemia que nos trouxe dificuldades e nos mostrou que o e-commerce veio para ficar, mas estávamos com saudade do presencial, do contato com o cliente”, declarou.

Entre as autoridades políticas, o Presidente Jair Bolsonaro enviou uma correspondência agradecendo o convite e justificando a ausência por incompatibilidade de agenda. Em vídeo, o Governador, Romeu Zema, afirmou que estava comprometido com o evento, no entanto, encontra-se isolado ao ter positivado para a COVID-19. O representante do Estado desejou sucesso à edição e destacou a importância do polo para Minas Gerais.

Quem marcou presença foi o Prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, que aproveitou para parabenizar a iniciativa. “Pouco após a FEMUR 2020, a cidade sofreu com duas enchentes, e ao mesmo tempo, o início da pandemia. Na sequência, houve o decreto que paralisou parte da indústria, preocupando os empreendedores. Portanto, a palavra que explica bem o nosso polo moveleiro é resiliência”, afirmou o Chefe do Executivo.

Quem também demonstrou otimismo perante a FEMUR, foi o lojista, Moisés Souza, do Armazém Paraíba, de Teresina (PI). “Diante de tudo o que passamos nos últimos dois anos, a sensação é de uma luz no fim do túnel, de dar o primeiro passo rumo à normalidade. Mesmo com muitas restrições, que são necessárias ao momento, a feira traz expectativa e esperança, além da oportunidade de contato com grandes parceiros desse polo”, finaliza.

 

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas