Design de móveis brasileiros: uma tendência atemporal de interiores

A um mês da feira, Imm Cologne destaca o design de móveis brasileiros em seu blog

Publicado em 30 de dezembro de 2021 | 09:00 |Por: Thiago Rodrigo

Por Imm Cologne

Por mais de uma década, o “mid-century modern” foi a tendência de design de interiores número um do mundo e pode ser encontrado em todos os lugares – de salas de estar a cafés elegantes e blogs de bricolagem. Tornou-se tão popular que é impossível imaginar o mundo do design de interiores sem ele. Agora, o look de meados do século está sendo reinterpretado pelos designers brasileiros.

Uma tendência de design de interiores com raízes profundas

Para entender por que o modernismo brasileiro só agora está encontrando seu caminho em salas de estar, quartos e assim por diante, primeiro precisamos falar brevemente sobre suas origens. Como muitos outros estilos, o moderno brasileiro tem raízes políticas e culturais complexas. Durante a ditadura militar que durou dos anos 1960 aos 1980, exportar móveis para o exterior era uma das várias atividades proibidas.

Isso significa que os designs sul-americanos nunca alcançaram popularidade fora do Brasil. Claro, houve exceções, como Oscar Niemeyer, Sergio Rodrigues e Lina Bo Bardi, só para citar alguns. Mas as coisas estão mudando no mundo do design de interiores e as fronteiras estão sendo redesenhadas. O modernismo brasileiro está em alta – por boas razões.

Studio Muar/Saccaro

Aparador em madeira marrom escuro com poltrona em primeiro plano, materiais como madeira são característicos do design moderno brasileiro. Eles representam uma conexão com a natureza e criam um ambiente acolhedor

As características do moderno brasileiro

Embora a história relativamente recente do design da Europa e da América do Norte tenha sido a principal influência no cenário de interiores até agora, o modernismo brasileiro manteve um perfil relativamente baixo. No entanto, todas as correntes de design têm uma coisa em comum – o foco na funcionalidade de peças individuais de mobiliário. E os designs, em formas orgânicas e geométricas simples, são bastante discretos, o que cria uma aparência que lembra um pouco o estilo Bauhaus.

O que distingue o brasileiro moderno e o torna tão especial é a escolha dos materiais. Na década de 1950, materiais sintéticos como plástico, fibra de vidro ou aço inoxidável não estavam amplamente disponíveis no Brasil. Os designers do país foram forçados a usar materiais locais. À primeira vista, pode parecer que isso colocou a indústria de design do país em imensa desvantagem, mas a escassez de materiais acabou se tornando uma vantagem. Madeira, couro e vime surgiram para se tornar os USPs do design moderno brasileiro – e ainda são hoje.

Veja tudo sobre as feiras e eventos de 2022

As peças criadas pelos designers da Herval combinam a madeira maciça com materiais modernos como o acrílico e tecidos em delicados tons de terra. Em sua colaboração com vários designers, a Saccaro, varejista de móveis sul-americana, também foca nas origens do modernismo brasileiro.

Madeira escura, metal preto e bordas suaves são características típicas dos designs. Dessa forma, os designers brasileiros estão traduzindo a história de seu país em um mobiliário moderno. Será possível ver as peças de ambos e muito mais no pavilhão brasileiro da Imm Cologne.

Studio Muar/Saccaro

Duas poltronas com moldura de madeira em frente a uma grande janela frontal Poltrona da Herval combina duas características típicas do modernismo brasileiro: madeira maciça e linhas modernas

Formas, cores e materiais na Imm Cologne

O principal ponto em comum entre o estilo mid-century modern e o modernismo brasileiro é a linguagem do design: linhas limpas – retas ou levemente curvas – e construções elegantes continuam enraizadas nos designs brasileiros até hoje.

Mas são, sobretudo, os materiais que fazem do modernismo brasileiro uma tendência especial no design de interiores. Cadeiras em vime, poltronas com couro generosamente estofadas e mesas esculpidas em madeira maciça são características do design brasileiro de móveis.

A mesa de centro projetada por Jorge Zalszupin no início dos anos 1960 é uma peça fundamental na história do design. Sua madeira escura e forma geométrica incorporam claramente as raízes da tendência.

A beleza das variedades nativas de madeira como jacarandá e mogno e a alta qualidade com que são trabalhadas são características distintivas do mobiliário brasileiro. Quando combinado com tons claros de creme, um contraste emocionante entre claro e escuro é criado, projetando tensão visual e calor ao mesmo tempo.

A gama de cores reduzida usada no modernismo brasileiro expressa a abordagem contida que está no cerne da tendência do design de interiores. Marrom sutis, cremes e tons de pó dão a sofás, poltronas e outros móveis uma aparência de alta qualidade.

Jovens designers estão ampliando a paleta de cores para incluir toques de cor brilhantes, mas muito discretamente colocados em verde esmeralda, amarelo mostarda ou azul petróleo. Ainda hoje, muitos exemplos do design de móveis brasileiros são minuciosamente feitos à mão.

O que torna os materiais naturais especiais? A maneira como eles se sentem. Couro, madeira e tecidos são agradáveis e quentes contra a pele. Eles apelam a todos os sentidos e evocam sonhos de florestas tropicais e lugares distantes.

Pamono & Olibil/Disponível em Pamono.de

Mesa de centro de madeira marrom em forma geométrica
Andorinha Coffee Table de Jorge Zalszupin para l’Atelier, anos 1960

Modernismo brasileiro: muitas tendências combinadas

Alta qualidade, recursos naturais e um toque de história – o desejo por individualidade, proveniência e sustentabilidade continua a impulsionar as tendências de decoração e design. A interpretação brasileira do estilo mid-century modern atende a esse anseio.

As formas naturais encontradas no modernismo brasileiro e uma conexão com a natureza estão crescendo em popularidade. É cada vez mais comum ver cores naturais e materiais combinados – não apenas em residências, mas também em cafés e hotéis. O modernismo brasileiro é um estilo atemporal que permanece fiel às suas raízes.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646