EUA lideram exportações do polo moveleiro de Bento Gonçalves

Valores exportados em dólares tiveram queda de 10,1% no primeiro semestre, mas verifica-se crescimento em alguns mercados

Publicado em 8 de julho de 2020 | 11:09 |Por: Cleide de Paula

Com US$ 19 milhões exportados no primeiro semestre de 2020, o polo moveleiro de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul (RS), contabiliza uma queda de 10,1% nas exportações em comparação ao mesmo período do ano passado, conforme dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais compilados pelo Sindmóveis Bento Gonçalves. As exportações do RS como um todo tiveram queda de 22,2% e, no Brasil, a queda foi de 16,8% entre janeiro e junho desse ano, na comparação ao mesmo período do ano passado.

Os valores exportados em dólares estão em queda. Apesar disso, entre os principais mercados para o polo moveleiro de Bento Gonçalves, houve crescimento nos Estados Unidos, Colômbia, Peru e Reino Unido. Os EUA, inclusive, estão começando a se consolidar como o principal destino dos móveis de Bento, assumindo a posição que era do Uruguai.

Inovação no varejo: Novo Mundo lança conceito de loja inédito

O presidente do Sindmóveis, Vinicius Benini, avalia que as empresas atuantes no e-commerce foram as menos prejudicadas na crise no novo Coronavírus – inclusive, no que se refere a exportações. “Podemos até mesmo dizer que empresas desse segmento faturaram mais em relação ao mesmo período do ano passado. Obviamente tivemos uma questão logística que atrasou as entregas, mas, de fato, as empresas preparadas para o e-commerce estão se saindo bem nesse momento”, afirma.

Quando verificado o faturamento do setor moveleiro como um todo – incluindo-se mercado interno e externo – a queda foi de 9,5% no polo moveleiro de Bento Gonçalves e 11% no RS, quando analisado o período de janeiro a abril desse ano comparativamente ao mesmo período do ano passado. O Sindmóveis crê em perdas expressivas também nos meses de maio e junho, embora esses dados ainda não estejam disponíveis.

O desempenho de 2020 vinha sendo positivo quando avaliados apenas os meses de janeiro e fevereiro e, antes da crise, a projeção era de crescimento nesse ano. O mês de março iniciou uma série negativa que deve perdurar mais um tempo. “O primeiro semestre desse ano provavelmente foi um dos piores da história para o setor, mas acreditamos que o pior ficou para trás. No segundo semestre, a tendência é uma lenta normalização, no sentido de as taxas de crescimento pararem de cair”, projeta o presidente do Sindmóveis, Vinicius Benini.

O polo moveleiro de Bento Gonçalves é o principal do país em termos de produção e faturamento. São aproximadamente 300 empresas localizadas nos municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza. Quando falamos especificamente do município de Bento Gonçalves, a indústria moveleira corresponde a 40% de toda a produção industrial.

Principais mercados para as exportações do polo moveleiro de Bento Gonçalves*

1º Estados Unidos

2º Uruguai

3º Peru

4º Colômbia

5º Chile

6º Reino Unido

7º México

8º Paraguai

9º Porto Rico

10º Bolívia

* Base territorial estendida aos municípios de Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza.
Fonte: Ministério da Economia / SECEX (2020) / Inteligência Comercial Sindmóveis (com informações Imprensa Sindmóveis)

Inscreva-se e curta os vídeos do nosso canal no YouTube


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646