Lamigraf apresenta novo conceito em décors

Conceito é resultado de leitura das transformações da pandemia; leia mais sobre a empresa aqui e em reportagem na edição 311 da Móbile Fornecedores

Publicado em 8 de outubro de 2021 | 08:00 |Por: Thiago Rodrigo

A nova coleção de décors da Lamigraf está dentro do novo conceito “The era of Re”, norteado pelo momento de grandes mudanças vivido pela sociedade. “Em meio à pandemia e em um cenário com maiores desafios econômicos e incertezas, as pessoas se tornam, cada vez mais, focadas naquilo que realmente importa”, explica Aline Cabral, responsável pelo marketing e produto na América Latina. “É necessário ter resiliência. Podemos dizer que a Covid-19 causou um grande recomeço”, destaca.

Produção de móveis cai em agosto

Por esta razão, a Lamigraf mudou os estudos anuais de tendência para uma abordagem diferenciada, focando em tudo que está acontecendo. O resultado é o “The Era of Re” com a abordagem a partir de três macro movimentos: RE-connect, RE-frame e RE-discover. Leia sobre a Lamigraf na edição 311 da Móbile Fornecedores e abaixo sobre cada um dos movimentos nas palavras da Lamigraf.

RE-connect

“Nós nos reconectamos com nossas necessidades mais essenciais, com o que nos faz sentir bem em casa, encontrando tempo para nós mesmos”

Depois de estarmos muito ocupados por um longo tempo, fomos forçados a desacelerar e desconectar. Os consumidores têm prioridades diferentes hoje em dia e estão lentamente abraçando o movimento Niksen, conceito holandês de não fazer nada e apreciar a alegria nos momentos cotidianos – um movimento impulsionado pelo momento que estamos vivendo.

Nossa vida em casa agora tem um significado totalmente novo, tornando-se um lugar de retiro e refúgio. Passar tanto tempo em nossas casas nos mostrou o que funciona, o que não funciona, e nossa necessidade de nos reconectar a qualquer tarefa ou projeto que nos ofereça bem-estar.

A casa não será apenas um espaço multifuncional, os consumidores também começarão a repensar o estilo, os móveis e as composições de acordo com essas mudanças comportamentais e com a necessidade de passar mais tempo dentro de casa. Agora, mais do que nunca, é hora de as pessoas criarem interiores reconfortantes e aconchegantes em seus lares.Lamigraf

RE-frame

“A necessidade de se sentir seguro e em casa precisa ser reformulada nos espaços públicos.”

A maneira como estamos utilizando espaços, especialmente a casa, evoluiu. É agora, mais do que nunca, um espaço de calma e autocuidado, mas também de lazer e trabalho. Devido ao sentimento diário de incerteza e insegurança, a necessidade de se sentir seguro e em casa torna-se um motivador relevante também para os espaços públicos, nos quais o conforto caseiro é a nova estética.

Atualmente, o design focado em pessoas ganha cada vez mais importância, e, desde que projetos de espaços públicos estão sendo inspirados nas casas, os mais assertivos serão aqueles que impulsionam as pessoas a criar conexões significativas e promover um senso de comunidade.Lamigraf

RE-discover

“Estamos redescobrindo o que a natureza tem a oferecer em sua forma mais pura.“

Viver e trabalhar com uma forte presença digital em nossas casas exige um contato mais autêntico com a natureza. Criar uma conexão com a natureza continua a ser importante na concepção de espaços, permitindo às pessoas o acesso à luz natural, ar fresco e vegetação para uma sensação de bem-estar. A natureza se tornou a grande unificadora e curadora em um período de turbulência e o RE-discover explora a relação simbiótica que temos com ela.Lamigraf

Lamigraf global

Há três anos com fábrica no Brasil, a fornecedora de papéis decorativos, com matriz em Barcelona, considerou a expansão na América Latina pelo objetivo de se destacar como uma marca global. Além de ser um mercado que consome muito e está em constante crescimento, também é visto como um polo de tendências pela Lamigraf, em destaque o mercado brasileiro.

“Não podemos falar de tendência e design, sem considerar o Brasil, um mercado cada vez mais em evidência em todo o mundo, com constantes novidades e lançamentos”, considera Aline.

Na região, a Lamigraf não tem linhas de impregnação e não planeja investir em linhas próprias. Martin Marxen, diretor de arte, marketing e comercial da Lamigraf, explica: “Na América Latina, alguns fabricantes de painéis possuem suas próprias linhas de impregnação, e seguem investindo neste serviço, visualizando um aumento de consumo. O excedente da demanda do material impregnado é atendido através de parceiros, que da mesma forma, investem continuamente em suas linhas”.

Por conta disso, neste momento a Lamigraf não pretende investir em impregnação, pois percebe que a necessidade do mercado está sendo suprida. A empresa realizou uma parceria com a BMK para esse serviço nos Estados Unidos onde, em breve, será inaugurado um showroom na fábrica da BMK em Lexington.

“Essa fábrica está localizada em um local muito estratégico, próxima a um importante cliente do grupo e outros grandes fabricantes de painéis. Desta forma, queremos fortalecer nossa presença na América do Norte e explorar melhor o potencial que o mercado norte-americano oferece”, diz Marxen – abaixo, ele e os profissionais da Lamigraf que participaram da reportagem sobre a empresa na edição 311 da Móbile Fornecedores.

Lamigraf na China

No início deste ano, a Lamigraf inaugurou uma fábrica na China, que vem se desenvolvendo de forma excelente, segundo o diretor de arte, marketing e comercial. “Temos crescido continuamente há anos. Até o momento, tínhamos escritórios de vendas apenas em Xangai e Bangkok, e agora queremos ir diretamente ao mercado com a planta industrial para criar a base para novos aumentos de vendas”, garante.

No dia 4 de dezembro de 2020, a Lamigraf assinou um acordo com o renomado fabricante alemão Rotodecor GmbH para a compra de duas impressoras de rotogravura para a nova fábrica em Changzhou (China). Esse investimento fortalece a presença internacional do grupo e o posiciona estrategicamente para responder à crescente e dinâmica demanda do mercado chinês.

“Para esse objetivo, a Lamigraf investe em um edifício de última geração, com um armazém de 8.350 m² com infraestruturas totalmente equipadas: escritórios, showroom, centro digital de cores, entre outros, cuja construção está prevista para ser concluída no início do quarto trimestre de 2021”, diz Marxen.

A planta da Lamigraf no país possui um espaço para um total de seis linhas de impressão, o que mostra o quanto acreditamos no futuro do mercado chinês, embora estejam iniciando as operações com duas linhas em produção. “Com essa ação, a Lamigraf consolida a sua posição na China depois de já ter feito um investimento no ano passado no redesign de seu novo showroom e na reforma do seu escritório comercial em Xangai, o qual continuará a prestar o serviço de desenvolvimento digital de cores aos clientes”, explica Marxen.

Leia sobre a atuação da Lamigraf no Brasil na edição 311 da Móbile Fornecedores.

Lamigraf

 


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646