Presidente da ABICOL fala sobre ganhos, perdas e efeitos colaterais da indústria colchoeira

Rogério Soares Coelho é a persona ouvida na Móbile TALKs de hoje

Publicado em 22 de abril de 2021 | 09:42 |Por: Portal eMóbile

Formado em Engenharia Química pela UFRJ com Especialização em Polímeros, e MBA em Gestão Estratégica de Empresas pela Universidade Católica de Santa Catarina Rogério Soares Coelho é empresário do setor colchoeiro com a ORBES Colchões de Jaraguá do Sul.

Presidente da Abicol, jovem entidade empresarial fundada em 2011, está em segundo mandato que vai até 2022 e, é também Coordenador da Comissão de Estudo do Colchão na ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Em uma conversa de pouco mais de 30 minutos, falou dos desafios para administrar aumentos de matérias-primas em 2020, algumas como TNT, em mais de 300%, o que praticamente inviabiliza a produção de colchões com molas ensacadas. Passamos, na conversa, também pelos insumos importados, como Poliol e TDI com preços extrapolados pela desvalorização cambial.

Esse cenário de descompasso de custos, fez com que várias fábricas suspendessem momentaneamente a produção e as vendas no primeiro semestre de 2020, tendo que voltar ao mercado com aumentos médios de 70% no valor de venda de colchões.

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas