Especial Móbile 40 anos com o diretor geral da Sayerlack, Marcelo Cenacchi

Em entrevista exclusiva ele comenta os desafios vencidos pela maior e mais especializada empresa de tintas e vernizes para madeira na América Latina.

Publicado em 13 de abril de 2020 | 20:05 |Por: Guilherme Bonissate

Como parte das ações de comemoração dos 40 anos da Revista Móbile, preparamos uma série de entrevistas especiais com personalidades que participaram da construção da nossa história. O diretor geral da Sayerlack, Marcelo Cenacchi, comenta os desafios vencidos pela maior e mais especializada empresa de tintas e vernizes para madeira na América Latina. A Sayerlack acumula 52 anos de experiência, estudo e compromisso no desenvolvimento de produtos e processos para embelezamento, proteção, durabilidade e manutenção de superfícies de madeira.

Confira a entrevista publicada na edição 367 da revista Móbile Lojista:

Móbile Lojista | Como o tema sustentabilidade foi introduzido no dia a dia da Sayerlack, nas últimas décadas?
Marcelo Cenacchi | Posso afirmar que desde a fundação em 1968. A busca por produtos mais amigáveis ao meio ambiente, a adaptação de nossas operações às práticas e procedimentos que respeitem o meio ambiente sempre
foram os pilares de atuação da Sayerlack, para a construção de uma empresa perene e responsável. Quando o tema ainda era bem pouco divulgado, a Sayerlack investiu em uma estação de tratamento de efluentes, na coleta seletiva, no controle e destinação de resíduos, além da constante busca por novas tecnologias que fossem tecnicamente eficientes e que gerassem o menor impacto ambiental possível.

Lojista | Em tanto tempo de história, a empresa teve que lidar com vários momentos diferentes da economia do
país. Qual foi o período mais difícil — desconsiderando a atual crise do Covid-19? P
Marcelo Cenacchi | Brasil é um país desafiador e está sempre testando nossa capacidade de contornar crises e momentos difíceis. Muitas foram as situações em que tivemos que ser mais criativos e até arrojados em nossas decisões para superar as crises impostas por fatores externos ou então, por medidas absurdas criadas pelos nossos
governantes. A crise do petróleo, planos Cruzado 1 e 2, plano Collor, até o próprio plano Real modificaram a forma em que tivemos que conduzir os negócios. Sem contar as inúmeras e fortes desvalorizações cambiais. Apesar da lista ser grande, tiramos lições importantes de todas!

Lojista | Como avalia as mudanças políticas no Brasil nos últimos anos?
Marcelo Cenacchi |Infelizmente, a política parece estar desvinculada da vida real de uma parte do país que
precisa produzir, ser eficiente, gerar emprego. Parte que ainda deve pagar elevados impostos. Parece que houve uma
inversão de papéis e ao invés do poder público servir à sociedade, é a sociedade que precisa servir o poder público bancando toda a ineficiência, a má qualidade nos investimentos e a pouca responsabilidade fiscal. Quem mais sofre com isso é a parcela mais carente da nossa sociedade e que carece de melhores condições de ensino, saúde, segurança e saneamento básico. Já o dinheiro arrecadado por meio dos impostos é mal empregado e se perde no
meio do caminho, não atendendo aquilo que deveria ser a prioridade: o bem-estar da sociedade como um todo.

Lojista | Em relação ao mercado de tintas, o que mudou em termos de tecnologia nessas décadas?
Marcelo Cenacchi | Mudou muito e hoje podemos dizer que o que existe de mais moderno está à disposição do mercado brasileiro. Posso dizer sem medo de errar, que a Sayerlack é responsável pela introdução de várias  tecnologias que foram revolucionárias e muito importantes para o desenvolvimento do setor moveleiro no Brasil e na
América do Sul.

Lojista | A empresa pretende lançar alguma novidade neste ano?
Marcelo Cenacchi | A Sayerlack tem um DNA inovador. Diariamente criamos mais de 10 fórmulas. Em 2019, foram quase 4 mil novos produtos inseridos no nosso portfólio e que estão à disposição de nossos clientes. Novidades, nas mais diversas tecnologias que disponibilizamos ao mercado: poliuretanos, base água, UVs e algumas ainda em fase de finalização serão apresentadas durante o ano.

Lojista | A Móbile comemora em 2020, 40 anos. Como enxerga nossa presença no setor?
Marcelo Cenacchi | Certamente contribuiu muito para o desenvolvimento do setor moveleiro brasileiro levando informação e conhecimento para toda a cadeia produtiva.

Lojista | Nesse período de tempo, quais seriam as “boas notícias” que a Sayerlack gostaria de relembrar?
Marcelo Cenacchi | Vejo como mais importante, todas as informações mercadológicas e técnicas que auxiliaram e auxiliam os participantes deste mercado a entender melhor as tendências, quais tecnologias estão surgindo, novos sistemas produtivos, de automação e com isso, possibilitar a melhoria da qualidade, a melhor produtividade e maior
eficiência das indústrias moveleiras.

Lojista | Em tempos de “fake news”, qual é a importância dos conteúdos da Móbile para o setor de móveis?
Marcelo Cenacchi | A Móbile sempre apresentou uma preocupação e um cuidado muito grande e totalmente justificável no tratamento e no filtro que faz nas informações que divulga. Ter certeza da veracidade das informações
é fundamental para qualquer veículo de informação que queira ser respeitado e reconhecido como de qualidade.

Lojista | Qual mensagem você deixaria para o mercado hoje?
Marcelo Cenacchi | Temos muitas oportunidades para nos desenvolvermos e fazermos não só o setor crescer e se tornar mais representativo e pujante, mas também, auxiliarmos o Brasil a ser um país melhor. Todos, que fazem
parte da cadeia produtiva moveleira, temos que ter a responsabilidade de ter boas práticas éticas e profissionais, de
auxiliarmos as regiões onde estamos localizados a se desenvolverem, a melhorarem a distribuição de renda, de  melhorarmos a qualidade da mão de obra e, com isso, gerarmos riqueza e melhorarmos a desigualdade que ainda é
grande no nosso país.

Lojista | Acredita que a indústria está se preparando para os desafios que virão, em termos de mudança nos padrões de consumo? 
Marcelo Cenacchi | O consumidor sempre vai nos forçar a melhorar e a oferecer as melhores soluções e mais conveniência para ele. O consumidor quer produtos funcionais, de boa qualidade e por um preço justo. Não acredito que só queira produtos baratos e de baixa qualidade.

Lojista | Em uma pesquisa realizada recentemente entre nossos clientes, a palavra “confiança” foi a que mais apareceu. Para você, qual palavra representa a Móbile?
Marcelo Cenacchi |Confiança é uma boa palavra e que representa bem o papel da Móbile nestes 40 anos. Seriedade também seria uma boa escolha.

A versão completa da Móbile Lojista 367 você encontra neste link.

https://www.emobile.com.br/revistas/lojista/


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646