Setor moveleiro perde um de seus ícones: aos 95 anos, morre José Eugênio Farina

O empresário bento-gonçalvense era presidente do Conselho Consultivo da Todeschini

Publicado em 27 de maio de 2020 | 16:41 |Por: Guilherme Bonissate

Texto: Gerson Lenhard

Faleceu na manhã desta quarta-feira (27), o empresário bento-gonçalvense José Eugênio Farina, aos 95 anos. Farina era presidente do Conselho Consultivo da Todeschini e possuía uma trajetória conhecida nacionalmente no ramo do empreendedorismo.

O empresário construiu sua história vitoriosa a partir de uma tragédia. Em 1971, pouco tempo após se tornar proprietário da Acordeões Todeschini, um incêndio de grande monta consumiu praticamente todo o parque fabril da empresa. Este foi o ponto de partida e de guinada para o segmento de móveis em série tornando a Todeschini um dos maiores players do setor no continente. As novidades implantadas pela empresa naquela época ajudaram a fomentar o papel do designer na indústria e a relevância do polo moveleiro de Bento Gonçalves para o país.

Farina teve amplo reconhecimento em vida. No ano de 2019, por exemplo, o empresário foi premiado com o Troféu “Dom Empreendedor”, por meio do Centro de Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG). O o prêmio foi concedido a Farina como uma forma de reconhecimento devido ao vasto legado de contribuições deixadas não só para Bento Gonçalves, como para a região.

“Geninho” ou “seu Farina”, como era carinhosamente conhecido, trabalhou como balconista de uma farmácia aos 12 anos de idade, além de também ter trabalhado posteriormente em um armazém e como balconista em uma agência de automóveis, até se tornar diretor na Metalúrgica Bento Gonçalves e na Farina S/A. Hoje o conglomerado por ele fundado controla as marcas Todeschini, Italínea, Criare, Carraro, Avantti, Todesmade, Todesflor, Grato e Todescredi.

Farina integrou ao longo de sua grande trajetória, uma série de entidades empresariais e também sociais. Ele foi presidente do CIC-BG, da Fenavinho, da Apae, do Conselho Administrativo do Hospital Tacchini. Também integrou o Conselho Fiscal do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) ininterruptamente entre os anos de 1977 e 1987, além de ter ocupado a função de diretor de Exposição Industrial na 1ª e 2ª edições da Mostra do Mobiliário, hoje a feira Movelsul Brasil.

Manifestação do Sindimóveis

O Sindmóveis manifestou nota dizendo receber a notícia do falecimento com pesar. “Historicamente, foi sempre um apoiador da atuação coletiva do setor, ao estimular a participação de executivos da empresa na diretoria do  Sindmóveis, o que transcorre de forma voluntária. Nos dias atuais, a diretoria do Sindmóveis conta com a atuação da neta de José Eugênio, Letícia Farina, como diretora de Serviços”.

José Eugênio deixa a esposa Lourdes e quatro filhos: João, Paulo, Ricardo e Virginia, além de oito netos, três noras e um genro.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646