Gazin eleita a melhor empresa de varejo para trabalhar no Brasil

Prêmio concedido pelo Instituto Great Place To Work (GPTW), na categoria grandes empresas, pesquisa a qualidade do ambiente de trabalho nas organizações

Publicado em 4 de março de 2022 | 16:22 |Por: Sandra Solda

O Grupo Gazin foi eleito a melhor empresa de varejo para trabalhar no Brasil em 2021. O reconhecimento faz parte da lista do Great Place to Work (GPTW), em parceria com a Consumidor Moderno, e é relativo à categoria grandes empresas. A premiação valoriza o espírito empreendedor e a confiança entre colaboradores e companhias.

“Para nós da Gazin é importante estar entre as melhores empresas para se trabalhar. E ganhar essa premiação, com o reconhecimento dos colaboradores, significa muito”, disse o presidente do Grupo Gazin Osmar Della Valentina (foto em anexo).

A premiação faz parte do ranking anual do GPTW, que elege há 25 anos as 60 melhores empresas de varejo para trabalhar no país, divididas em quatro categorias: pequenas, médias, grandes e super empresas. Uma das maiores redes varejistas do Brasil, o Grupo Gazin é composto por 11 empresas, totalizando 347 negócios, incluindo mais de 300 lojas de varejo. “Um bom ambiente para trabalhar é um bom ambiente para fazer negócios. Nós acreditamos que isso gera resultados e satisfação para todos”, reforça Della Valentina.

A Gazin é uma empresa que valoriza seus colaboradores e estimula a equipe, com foco na inclusão social e na diversidade. O Grupo tem plena consciência de sua missão no âmbito social e, por isso, investe em diversas ações solidárias, como as campanhas Pintando o 7 e Outubro é 10, realizadas no ano passado e que arrecadaram, respectivamente, doações para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e hospitais que tratam pacientes com câncer.

Completando 56 anos, o Grupo Gazin também continua apostando na sustentabilidade, investindo em usinas solares como as de Jaciara, no Mato Grosso, e Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul. A previsão é de investir R$ 20 milhões em geração de energia solar entre 2022 e 2023.

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas