Pesquisa mostra tendência no varejo pós-pandemia

A ascensão dos e-commerces durante a pandemia e como isso se refletirá no cenário futuro

Publicado em 20 de julho de 2020 | 11:28 |Por: Cleide de Paula

A pesquisa “O futuro do consumo num cenário pós-covid-19”, realizada pela Social Miner e o OpinionBox sugere que os e-commerces vão continuar a influenciar as decisões de compra, no cenário pós-pandemia.

Durante o período de isolamento, o varejo virtual passou a fazer parte da rotina de muitos consumidores brasileiros. Dados do Ebit, apontam que o faturamento dos e-commerces nos quatro primeiros meses deste ano somou R$ 22,9 bilhões, representando 32% do total alcançado em 2019. Segundo a Social Miner, esse crescimento na demanda acelerou a digitalização de muitas empresas, despertando novas práticas ou mesmo impulsionando aquelas estratégias que vinham ensaiando sua implementação há algum tempo, a exemplo da omnicanalidade.

– E-commerce de móveis cresce 94,4% neste ano

Para compreender como a nova postura deve implicar em novas mudanças no comportamento do público — inclusive no que diz respeito ao consumo, a Social Miner e o OpinionBox, organizaram um guia que aponta as tendências no varejo e reúne exemplos do que as marcas têm feito e dicas sobre como outras empresas podem adaptar as estratégias à nova realidade do varejo. Confira um resumo das principais respostas sobre o que deve prevalecer adiante:

Por que uma jornada de compra omnichannel é tendência no varejo pós-covid-19?
Durante a pandemia 22% compraram on-line de lojas das quais já eram clientes no varejo físico.
64% pretendem continuar comprando tanto on-line, quanto off-line.
31% esperam poder comprar on-line e retirar nas lojas físicas.

Por que novas origens e canais de compra são tendência no varejo pós-covid-19?
5,5% encontraram as lojas on-line em lives de artistas
5,2% encontraram as lojas on-line usando QR Code

Por que o posicionamento e apoio aos pequenos negócios é tendência no varejo pós-covid-19?
Durante a quarentena, 6,5% encontraram as lojas on-line por ações sociais.
10% dos consumidores encontraram as lojas on-line por ações de incentivo à pequenos negócios.
33% preferiram comprar de pequenas lojas e produtores locais.

E no futuro pós-covid-19:
28% pretendem comprar com mais cautela.
24% pretendem comprar de pequenas lojas e produtores locais.

Por que a usabilidade e experiência do consumidor são tendências no varejo?
26% contam com boa usabilidade dos sites (páginas que carreguem rápido, boas imagens
dos produtos, recursos para que encontrem os itens com facilidade, entre outros)
39% esperam atendimento fácil e rápido.
25% esperam mais informações sobre os produtos (detalhes do item, os materiais usados, imagens e guias de tamanho).

Experiências personalizadas e por que são tendência no varejo?
O consumidor busca cada vez mais ser diferenciado da massa, tratado com exclusividade.
14% desejam menos propaganda e mais indicações personalizadas.
18% esperam atendimento personalizado.

A Social Miner é uma empresa referência em dados de comportamento e consumo
do varejo brasileiro online que, através de tecnologia própria, cria acionáveis que possibilitam grandes marcas a aumentarem a quantidade e qualidade das suas vendas.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646