Varejo de móveis tem queda de 5,9% em janeiro

Redução inclui eletrodomésticos em relação a dezembro de 2019; na comparação com janeiro de 2020, redução apenas de móveis foi de 2,2%

Publicado em 18 de março de 2021 | 12:01 |Por: Thiago Rodrigo

O varejo de móveis e eletrodomésticos teve queda de 5,9% em janeiro de 2021 na comparação com dezembro de 2020. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE. Incluindo móveis e eletrodomésticos em dezembro comparado a novembro, houve recuo 3,7%.

Na comparação de janeiro com janeiro de 2020, a categoria teve redução de 5,4% no volume de vendas. Considerando apenas móveis nessa base de comparação, a diminuição foi de 2,2% (eletrodomésticos tiveram queda de 6,9%).

Movergs emite manifesto com relação aos preços dos móveis

O segmento de Móveis e Eletrodomésticos, na comparação com janeiro de 2020, registrou em janeiro de 2021 o primeiro resultado negativo (-5,4%) após sete meses de taxas positivas. O setor contribuiu com -0,6 p.p. no total de -0,3% do varejo, terceira maior influência negativa. Nos últimos doze meses, o setor acumula 9,1% em janeiro de 2021, abaixo do valor de dezembro de 2020 (10,6%), sinalizando, assim, redução no ritmo de crescimento.


MÊS/MÊS ANTERIOR (1)
MÊS/IGUAL MÊS DO ANO ANTERIOR ACUMULADO
Taxa de Variação (%) Taxa de Variação (%) Taxa de Variação (%)
Atividades DEZ JAN NOV DEZ JAN NO ANO 12 MESES
COMÉRCIO VAREJISTA (2) -0,1 -6,2 -0,2 3,6 1,3 -0,3 -0,3
4 – Móveis e eletrodomésticos -2,4 -3,6 -5,9 18,0 2,6 -5,4 -5,4
4.1 – Móveis 21,5 9,2 -2,2 -2,2

Varejo geral

O volume de vendas do comércio varejista em janeiro teve variação de -0,2%, frente a dezembro, na série com ajuste sazonal, após o recuo de 6,2% em dezembro de 2020. A média móvel trimestral ficou em -2,2%. Na série sem ajuste sazonal, o comércio varejista variou -0,3% frente a janeiro de 2020, primeira taxa negativa após sete meses consecutivos de altas. O acumulado nos últimos 12 meses ficou em 1,0%, próximo ao de dezembro (1,2%).

O acumulado nos últimos doze meses foi de 1,0%, próximo à taxa de dezembro (1,2%). O comércio varejista ampliado, frente a janeiro de 2020, caiu 2,9%, primeiro resultado negativo após seis meses de alta. O acumulado nos últimos doze meses para o varejo ampliado intensificou a perda de ritmo na passagem de dezembro (-1,4%) para janeiro (-1,9%).

No comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e de material de construção, o volume de vendas recuou 2,1% em relação a dezembro de 2020, segundo mês consecutivo de variações no campo negativo. A média móvel do trimestre encerrado em janeiro (-1,6%) sinalizou redução no ritmo das vendas, quando comparada à média móvel no trimestre encerrado em dezembro (-0,3%).


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646