Dez mil pessoas visitaram os dois primeiros dias de Fimma Brasil 2019

Feira de máquinas, matérias-primas e acessórios encerra nesta sexta-feira, mantendo a expectativa de movimentar US$ 290 milhões e anunciando mudanças para 2021

Publicado em 29 de março de 2019 | 09:32 |Por: Cleide de Paula

O otimismo da cadeia moveleira pode ser sentido pelos corredores da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira (Fimma Brasil) 2019 e foi o ponto mais destacado pelo presidente do evento, Henrique Tecchio, e pelo presidente interino da Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), Rogério Francio, durante a coletiva de imprensa nesta quinta-feira, dia 28. Nesses dois primeiros dias, dez mil pessoas visitaram a feira, o que mantém a projeção de movimentar US$ 290 milhões – desses R$ 15 milhões ficarão no município de Bento Gonçalves.

“O mercado está reagindo e estamos percebendo de forma muito concreta esse movimento durante a FimmaBrasil e nos retornos que estamos recebendo de nossos expositores”, frisou Tecchio, destacando o fato de que esse otimismo é comprovado também pela renovação de 35% dos expositores – nesta edição são 380 empresas mostrando seus produtos (20 a mais que a edição de 2017).

Já o presidente interino da Movergs destacou, durante a conversa com a imprensa, os números positivos de fechamento do setor moveleiro gaúcho em 2018, na comparação com 2017 houve crescimento de 16,5%, e o quanto esse resultado está sendo percebido por toda a cadeia produtiva e refletindo no mercado interno e externo.

Confira toda a cobertura da feira no Instagram da Revista Móbile

A decisão de mudar o mês da feira de março para agosto em 2021 também foi destacada durante a coletiva. “Essa mudança, que estava sendo avaliada há algum tempo e que agora será concretizada, levou em consideração um estudo criterioso das feiras nacionais, do calendário internacional e dos principais players que participam da feira”, salientou Tecchio.

Pensada e organizada do setor para o setor, a Fimma Brasil foi o primeiro evento internacional com foco a ser realizada no Brasil, a partir de 1993, tornando-se a quinta maior feira do mundo para o setor moveleiro. A grandiosidade, credibilidade e tradição podem ser confirmadas por meio da excelente diversificação de expositores que estão nesta 14ª edição: 32% serão empresas de máquinas, 20% de matérias-primas, 18% de ferramentas, 15% de acessórios e 10% de componentes e 5% de outros segmentos.

Projeto Comprador

Nos dias 27 e 28 de março aconteceram as rodadas de negócios do Projeto Comprador. No total, 51 importadores, de 10 países, participaram de mais de 1,1 mil encontros de negócios, com 66 expositores. Neste ano, a grande novidade foi o limite de crédito pré-aprovado de US$ 2,5 milhões por meio do grupo Exicon, com matriz na Holanda e correspondente no Brasil do Grupo FCI, dedicado a avaliações de risco comercial, para operações a prazo nos segmentos de exportação e importação.

Leia todas as notícias e lançamentos em produtos da feira

Nesta 10ª edição do projeto estiveram presentes Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Guatemala, México, Peru, República Dominicana e Uruguai. O Projeto Comprador Fimma Brasil 2019 é uma ação realizada no âmbito do Projeto Orchestra Brasil de promoção das exportações – realizado pelo Sindmóveis Bento Gonçalves com apoio da Apex-Brasil. Juntos, Movergs, Sindmóveis e Apex-Brasil somam esforços para potencializar a internacionalização da cadeia moveleira. Os números finais do Projeto Comprador estão sendo computados e serão divulgados ao final no balanço final da feira.

As novidades da Fimma Brasil

Com o mote da diferenciação, a Fimma Brasil 2019 conta com cinco ações inéditas, criadas com o intuito de proporcionar boas e novas experiências tanto a expositores como para visitantes. São elas:

– áreas exclusivas para os novos segmentos Rochas e Florestal;

– o projeto Mobstone Fimma – Mobiliário em Pedra que tem o objetivo de promover maior integração entre o móvel brasileiro, o design e a rocha;

– o Arq Day, dedicado especialmente a arquitetos e designers;

– o convite a aproximadamente 200 empresários vips de todo o Brasil;

– o projeto Fábrica em Ação, iniciativa da Associação dos Fornecedores para as Indústrias de Madeira e Móveis (Affemaq).

“A cada edição, a feira tem a preocupação de trazer um novo olhar para os negócios ligados ao setor moveleiro, atendendo demandas dos expositores e dos visitantes. Com a perspectiva de retomada da economia, a feira sentiu que era o momento de ampliar a oferta por máquinas e matérias-primas, entre elas dos setores florestal e rochas, e também integrar profissionais da arquitetura e design”, enfatiza Tecchio.

(com informações de assessoria)


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646