Sono Quality colchões aposta na recuperação da economia no segundo semestre

A direção da empresa projeta um crescimento de vendas da ordem de 15% a 17%, além da manutenção da rentabilidade obtida neste ano

Publicado em 12 de junho de 2019 | 19:01 |Por: Larissa Bartoski de Sena

A Sono Quality colchões tem investido em máquinas e softwares para aprimorar a confecção da sua linha de produtos. Além disso, o objetivo é otimizar tempo na hora do atendimento ao cliente e da venda. Com isso facilita a logística da fábrica e também a em relação ao cliente.

A empresa conta com uma equipe superior a 250 funcionários diretos e 500 indiretos e produz na média 100 colchões tecnológicos por dia. Além dos recursos destinados a maquinários e a implantação de novos sistemas de atendimento ao cliente, como Sales Force, a empresa investe em eficiência e na modernização de algumas linhas de acabamento e finalização de produtos.

O que esperar do futuro do setor moveleiro

São cinco modelos de colchões fabricados pela marca. O Quality Splendor (36 cm de altura), Quality Master (32 cm), Quality Life (28 cm), Quality Soft (24 cm) e Quality Standart (20 cm). Todos contam com certificação do Inmetro. De acordo com a empresa, os produtos da Sono Quality são os únicos com o selo “Tech Health” (selo de qualidade, serviços e conformidade Sono Quality).

Sono Quality colchões prospecta crescimento

Segundo o CEO da marca, Ricardo Eloi, as expectativas para o segundo semestre são positivas. Em suma manter o crescimento no faturamento em torno de 7% a 8% em relação a 2018. No entanto, em termos de rentabilidade da companhia, explica, “o crescimento supera os 50% devido a projetos implantados de eficiência, de reestruturação e de vendas”.

Thiago Duran

Sono Quality colchões

A Sono Quality produz na média 100 colchões tecnológicos por dia

“Fizemos algumas mudanças importantes na fábrica e na administração da empresa. Em termos de vendas, continuamos focados no atendimento personalizado, porta a porta, visto que vendemos exclusividade.” Eloi reforça a primazia: “atendimento agendado e personalizado e a melhor negociação de valores”. Além disso, explica que investiram em uma linha média alta na loja tecnológica. “Com isso, oferecemos ao cliente final o atendimento exclusivo e o preço de fábrica na loja”.

Atualmente a Sono Quality colchões atende a todo o mercado nacional. Entretanto, região Sudeste corresponde a 52% das vendas. Na sequência, região Sul com 21%, Norte e Nordeste juntos somam 14%. Por fim, o Centro Oeste, região mais nova em prospecção, é responsável por 13%.

Para o segundo semestre, o diretor geral da Sono Quality, José Cury, prevê um crescimento de vendas da ordem de 15% a 17%, e quer manter a rentabilidade de 2018. “Nós vamos investir mais em informatização, sistemas e softwares de atendimento, em distribuição, novos canais e novos clientes. Desta forma, a empresa cresce não só em volume, mas, também em Market Share.” Para os próximos cinco anos, o objetivo é implantar o sistema de franquias de lojas, com mais de 100 unidades espalhadas pelo Brasil. O projeto do estudo de franquiabilidade e implantação das lojas já começou.

Mercado

Segundo Cury, o mercado de colchões no Brasil vinha numa tendência de alta até 2013. Em 2014 passou por uma inversão de baixa e em 2017 estava com um volume em peças igual ao de 2012. “Mesmo com a oscilação mercadológica, buscamos em todos os períodos nos destacar em relação as outras marcas, o budget de publicidade nunca foi modificado.”

Em termos de valor o mercado acompanhou a inflação. Segundo ele, a inflação acumulada de 2013 a 2017 foi de aproximadamente 29%. Porém, a empresa sempre trabalhou com medidas estratégicas para não repassar aumento ao consumidor final. “Quando anunciamos nas propagandas que é preço de colchão comum, é disso que estamos falando, que o consumidor pode comprar sem acréscimos de terceiros. Os colchões saem da fábrica para a casa do cliente.”

Thiago Duran

Linha também é mais sustentável

Os colchões Sono Quality, nas medidas solteiro, casal convencional, queen e king, não deformam ou afundam. Resultado da tecnologia desenvolvida pela empresa de densidade progressiva. Além disso, possuem mais de oito tecnologias e mais de 20 tipos de vibro massagem. Eles também têm garantia de durabilidade superior a 10 anos. Tudo isso é resultado do processo de fabricação com matérias-primas de qualidade e alta tecnologia. Não têm qualquer contato com poeira, ácaros ou sujeira até o momento em que o cliente o desembala dentro de casa, num processo simples e rápido.

A linha também é mais sustentável, pois ao ocupar bem menos espaço para armazenagem e transporte, contribui para reduzir a emissão de poluentes na atmosfera. Além disso, o uso de cola com base em água e não solvente contribui para um produto com mais qualidade e menos agressão ambiental.

(com informações de assessoria)


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646