Ivana Andrade estreia na Mostra Artefacto

A vitrine assinada por ela carrega uma série de elementos refinados, a começar pelo mobiliário da Mostra Artefacto

Publicado em 23 de maio de 2022 | 17:53 |Por: Sandra Solda

A arquiteta Ivana Andrade estreou na quinta (19)na Mostra Artefacto na capital paranaense com uma vitrine que evoca elementos da natureza de forma surpreendente. Com uma longa carreira em Minas Gerais, Ivana passou a atuar, também, no Paraná, com ênfase em Curitiba e na região dos Campos Gerais.

A vitrine assinada por ela carrega uma série de elementos refinados, a começar pelo mobiliário da Artefacto. “Os móveis da Artefacto tem elegância e imponência. Minha ideia foi propor um espaço onde eles pudessem brilhar”, conta Ivana. O ponto de partida do projeto foi o papel de parede Gucci, trazido exclusivamente para compor a decoração.O fundo verde inspirou Ivana a ampliar o uso da cor em vegetação, aplicada em grandes vasos Organne. “Verde evoca frescor, saúde e tranquilidade. É a cor da motivação, da criatividade e da imaginação A natureza é sempre atemporal e, para mim, um símbolo de renovação e prosperidade”, conta a arquiteta.

O espaço tem 95m2 e é dividido em três áreas: estar, convívio e jantar. A proposta é usar uma das salas para receber convidados, ou até relaxar após um dia de trabalho, Destaque para o buffet Constantin, com formas arredondadas e para o sofá Carrie, com contornos mais alongados capazes de acomodar mais pessoas com conforto e ergonomia – o encosto, em formato de concha que “abraça”, também estende-se de ponta a ponta, contribuindo para o shape contemporâneo e minimalista.

Já na sala de estar, o sofá Escape tem módulos componíveis (braços, chaises e puff), o que faz dele um coringa multifunções. Suas fatias podem ser arranjadas/rearranjadas entre si a fim de criar diferentes cenas e acionar usos variados dentro de casa. Na área de jantar, a mesa Lena eleva a sofisticação do espaço. Feita em ébano na parte exterior, e aço inox polido no interior, seu grande tampo de 1,8m de diâmetro tem acabamento Radiance (super brilhante e reflexivo).

Os objetos de decoração de Lais Aliski Casa seguem no mesmo tom de elegância,mas com elementos modernos, uso de pedra sabão, “afinal Minas Gerais sempre aparece em meus projetos”, cristal, prata e objetos assinados por designers brasileiros completam a composição.

As obras de arte são curadoria de Sérgio Gonçalves, que sugeriu Newman Schutze, com a série Paisagens Improváveis. “Essa obra nos convida a mergulhar e ter a sensação que, ao mesmo tempo em que ela é abstrata, podemos vislumbrar as trilhas e caminhos para o relaxamento”, conta Sérgio. Na outra parede, está a obra de Ryan Hyrz, artista norueguês que pinta ouvindo músicas clássicas e que dá à tela o título da peça que estava ouvindo enquanto a criava.E a obra de Grieg – Lyric Pieces, op. 46.3 – faz o diálogo perfeito com a escultura de Glenn Hamilthon, da série Diáfanas.

Papel de parede

Famoso após ser usado por Sig Bergamin no projeto da influenciadora Silvia Braz, o papel de parede Gucci marca uma série de lançamentos de produtos para casas da grife italiana. Hoje, diversos nomes aclamados na indústria têxtil estão voltando seus esforços para o design de interiores. Esse comportamento foi impulsionado pela mudança dos consumidores durante e após a pandemia.

As buscas por “mesa de cabeceira”, “jardinagem” e “papel de parede” cresceram mais de 50% na Amazon, enquanto a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) registrou aumento de 23,61% nas vendas online de móveis e decoração. Um levantamento do Grupo Consumoteca indicou que 55% das pessoas da classe A fizeram algum upgrade na decoração durante o distanciamento social. Na Mobly, marketplace de móveis e decoração, e na Camesa, marca especializada em artigos de cama, mesa e banho, as vendas saltaram mais de 100%.

Sobre a Mostra Artefacto

Autêntico. Instintivo. Nativo. Orgânico. Puro. Simples. O que é essencial para ser natural? O que naturalmente nos conecta? A Mostra Artefacto, que tem como proposta uma casa mais orgânica, celebra os 45 anos da marca com o tema DNA Natural. “Com 45 anos de história, a Artefacto continua valorizando o DNA fatto a mano. Rompemos as fronteiras do Brasil para virar referência internacional em móveis de alto padrão – hoje, somos líderes no sul dos Estados Unidos. Mobiliamos empreendimentos assinados pelos maiores starchitects do planeta: Norman Foster, Bjarke Ingels, Antonio Citterio, Herzog & de Meuron, Renzo Piano, Zaha Hadid, entre outros”, conta Paulo Bacchi, CEO da empresa. “Também fomos os escolhidos para o novo projeto do Cipriani Club, em Nova York, além de estarmos presentes em hotéis de luxo que vão de Jumby Bay Island ao Hotel du Cap-Eden-Roc, no sul da França”, finaliza Bacchi.

Sobre Ivana Andrade

Há mais de 25 anos a arquiteta Ivana Andrade trabalha com projetos arquitetônicos e de interiores. Sua carreira tem passagens por grandes empresas, incluindo uma holding de shopping centers. Assim, Ivana aprendeu a gerenciar obras e equipes, conhecimentos aplicados até hoje em seus projetos. Após consolidar seu trabalho em Minas Gerais, Ivana chega ao Paraná com foco em novas parcerias e o avanço de seu escritório na região de Curitiba e Campos Gerais. Ao longo do tempo, a arquiteta participou de importantes mostras de arquitetura e decoração, como Casa Cor, Modernos Eternos, entre outras.

 

 

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas