Novo normal no décor: arquiteta Paula Passos

Série de entrevistas aborda os desafios enfrentados pelos profissionais do universo décor e as expectativas para o futuro dos negócios 

Publicado em 6 de julho de 2020 | 14:39 |Por: Cleide de Paula

Para entender como a pandemia impactou a atividade de empresas e especialistas que atuam no mundo décor, o Portal eMóbile convidou diversos profissionais para comentarem sobre como estão enfrentando o novo normal.

A primeira convidada é a arquiteta Paula Passos, sócia do escritório Dantas & Passos Arquitetura.

Portal eMóbile | Como encarou a pandemia? Quais foram os impactos no seu negócio?

Paula PassosPaula Passos | Tivemos que encarar com criatividade para renovar a rotina sem perder produtividade. As atividades em andamento tinham que continuar acontecendo de alguma forma. Precisamos nos adaptar à nova realidade para que o andamento dos trabalhos não fosse prejudicado. 

Nossa primeira medida para a adequação foi o home office para todos os nossos colaboradores. Mas, infelizmente, nosso cotidiano não pode se resumir ao home office, porque faz parte do nosso cotidiano visitar as obras pessoalmente, discutir coletivamente detalhes no local da obra com clientes ou fornecedores, ver amostras de cores e materiais em conjunto no local de execução. 

Nosso sentimento nesse momento de reclusão, sem o contato físico diário nas obras, sem as visitas frequentes de fornecedores, é que o impacto principal foi justamente perder esse “corpo a corpo” que nos é tão importante… porque trabalhamos em equipes, um projeto completo em sua execução depende de muita gente trabalhando junto e coordenadamente. Precisamos estar ao vivo e a cores no canteiro de obras.

Portal eMóbile | O que mudou na sua forma de fazer negócios?

Paula Passos | Nessa hora, a tecnologia assume um papel muito importante. Nessa fase de reclusão os recursos de chamadas de vídeo nos ajudaram e nos ajudam intensamente no contato com o cliente para a tomada de decisões.

A internet facilita os acessos remotos a servidores para que possamos coordenar projetos, orçamentos, planejamentos, cronogramas e dessa forma toda equipe tem acesso aos documentos necessários de de casa via rede. Usando recursos como mensagens de textos com fotos, vídeos chamadas, e-mails, etc… Dessa forma, estamos conseguindo manter a produtividade com a equipe bem alinhada mesmo à distância. Projetos que já estavam em andamento, estamos conseguindo seguir e dar encaminhamento com a ajuda dessas ferramenta. Mais complicado são os projetos novos que ainda não tinham sido iniciados, porque alguns locais ainda não permitem a entrada de visitantes, então não é possível realizar tarefas iniciais como medições reais no local da obra.

Portal eMóbile | Quais foram as adequações necessárias para continuar prestando serviços?

Paula Passos | Novos negócios estão com mais dificuldades em acontecer com certeza, porque o cliente ainda está em casa e receoso. Temos uma sombra real de uma eventual recessão, então novos contratos não estão sendo fechados. 

Clientes estão aguardando para assumir novos compromissos, aguardando tudo ficar mais estável e seguro. Será importante ter muita dedicação para criar interesse nas redes sociais, com toda essa pandemia as pessoas estão ainda mais conectadas nas redes sociais. Precisaremos aprimorar a forma de chegar ao cliente que atenda às expectativas atuais dele como entregas a domicílio, orçamentos on-line, sugestões on-line.

Acho que uma novidade na área para o futuro podem ser projetos à distância utilizando recursos digitais. Os clientes enviam o máximo de informações (fotos, vídeos, planta com medidas do imóvel, etc…) e os arquitetos criarão modelos 3D sugerindo cores, alterações, novos acabamentos, produção, novos móveis. Não que isso vá acabar com o modelo tradicional da área de arquitetura de interiores, mas pode ser uma forma de somar novas opções de trabalho, tentar captar um novo tipo de público.

Portal eMóbile | Quais dessas mudanças devem prevalecer no negócio daqui para frente?

Paula Passos | Acho que o home office será uma delas. Menos deslocamentos trabalhando com vídeos chamadas. Trabalhando em home office em cidades grandes, como a nossa, São Paulo, não precisar de deslocamento até o escritório, que pode levar até duas horas, nos oferece um tempo disponível, que antes não tínhamos, para desenvolver outras atividades. Talvez, desde que mantenha a disciplina e a rotina necessárias para uma boa produtividade em home office sem distrações.

Portal eMóbile | Qual é seu sentimento em relação ao futuro do negócio neste momento?

Paula Passos | Apesar de todas as inseguranças do momento, considerando uma certa desaceleração no setor da Construção Civil agora, temos um sentimento otimista pós-pandemia para a retomada dos projetos, sim. Acreditamos que a vida voltará ao seu normal no seu tempo e as pessoas irão retomar seus planos de casas novas ou reformas para ter suas casas lindas. Afinal, com tudo isso que está acontecendo, estamos aprendendo a ficar mais em casa e curtir nossos espaços. Precisamos buscar forças e acreditar que o futuro será melhor e na retomada das obras, adotar todas as medidas de prevenção, para a proteção e segurança de todos os colaboradores.

Leia também Arquiteta relata alterações nos escritórios causadas pela pandemia


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646