Xylexpo será realizada entre 12 e 15 de outubro de 2022

Junto com a feira de robótica, automação e tecnologias digitais 33.BI-MU, Xylexpo foi apresentada ao mercado moveleiro ontem em coletiva de imprensa

Publicado em 11 de outubro de 2021 | 08:00 |Por: Thiago Rodrigo

Digitalização e sustentabilidade irão caracterizar a próxima edição do 33.BI-MU e da Xylexpo, eventos organizados pela UCIMU Sistemi per Produrre, associação de fabricantes italianos de máquinas-ferramenta, robôs e automação, e pela Acimall, a associação de fabricantes de máquinas para madeira. O evento conjunto será realizado de 12 a 15 de outubro de 2022 no centro de exposições Fieramilano em Rho, em Milão na Itália.

Os conteúdos dos eventos dedicados às tecnologias de manufatura foram apresentados na última quinta-feira (07/10) em Milão, a operadores da indústria e jornalistas, no âmbito de um encontro que teve lugar durante a EMO, a feira mundial dedicada ao negócio da metalmecânica.

Os dois eventos – 33.BI-MU (mostra bienal de máquinas-ferramenta, robótica e automação, manufatura aditiva, tecnologias digitais e auxiliares) e Xylexpo (mostra bienal de tecnologias de processamento de madeira e componentes para a indústria moveleira) – abrangerão oito pavilhões na zona oeste do complexo de feiras em Rho. Os pavilhões 9, 11, 13 e 15 serão atribuídos ao BI-UM, enquanto os corredores 14, 18, 22 e 24 para a Xylexpo.

Supersalone encerra com 60 mil visitantes

De acordo com a tendência de arrefecimento da pandemia e considerando o contexto econômico altamente favorável, como mostrado por todos os principais índices macroeconômicos, é razoável esperar que Xylexpo e 33.BI-MU marcarão o completo “retorno ao normal”, após as medidas necessárias que têm levado ao cancelamento de muitos eventos com forte impacto no calendário de feiras.

A organização aponta que os dois eventos são distintos e complementares, se fundindo em um único grande espaço no qual operadores de todo o mundo encontrarão tecnologias, equipamentos, serviços e ideias para produzir de forma cada vez mais sustentável e eficiente, segundo o princípios da “Indústria 4.0”.

Xylexpo e 33.BI-MU

As estrelas dos eventos serão as tecnologias mais avançadas que mostrarão a evolução dos sistemas de produção, a sua integração progressiva, o envolvimento constante de materiais diferentes e complementares, incluindo ligas leves, compósitos e alumínio.

Serão quatro dias de feira que vão atrair a Milão técnicos, empresários, formadores de opinião e operadores de todo o mundo, principalmente daqueles países onde a procura de soluções “4.0”. Soluções automáticas, flexíveis, eficazes que possibilitam uma gestão eficaz de energia e recursos graças a sistemas digitais cada vez mais “amigáveis”.

Xylexpo

Xylexpo

Barbara Colombo, Luigi De Vito, Alfredo Mariotti e Dario Corbetta

Barbara Colombo, presidente da UCIMU, Sistemi Per Produrre comentou que, nas últimas semanas, atualizou as previsões para 2021 para a indústria. “Os dados processados pelo Centro Studi & Cultura di Impresa da UCIMU Sistemi Per Produrre nos informam que estamos navegando em o dobro da velocidade estimada há apenas alguns meses. E os dados do terceiro trimestre de 2021, recém processados, indicam um aumento de 52% em relação ao mesmo período do ano passado, confirmando que a tendência positiva continuará ao longo de 2022. Os incentivos do governo estão apoiando demanda doméstica e continuará fazendo no próximo ano para o benefício de 33.BI-UM”, disse.

Ligna digital conectou indústria madeireira e moveleira

“As tecnologias para a indústria madeireira e moveleira estão passando por um período extremamente positivo”, comentou Luigi De Vito, presidente da Acimall. “Se os números relativos à primeira parte do ano se confirmarem nos próximos meses, é razoável acreditar que em 2022 o mundo das tecnologias italianas para móveis de madeira registrará um crescimento de produção de dois dígitos, aproximando-se do limiar de 3 bilhões de euros, dois dos quais de exportação”, afirmou.

Segundo ele, essa tendência vai se refletir na Xylexpo que, mais uma vez, será uma grande vitrine internacional de inovação, referência mundial em anos pares. “Um evento imperdível não só por se dar em um mercado – Itália – altamente atrativa tanto em quantidade quanto em qualidade da demanda, mas porque sempre foi um ponto de encontro fundamental para operadores de indústria de todo o mundo”, acrescentou.

Veja a apresentação das feiras

Dario Corbetta, diretor da Acimall, salientou que há uma centena de empresas que há muito confirmam sua participação. “No final do ano esperamos um aumento massivo tanto de expositores como de área expositiva. Alcançaremos este resultado graças às alavancas sobre as quais uma associação comercial pode atuar, não tendo outros objetivos senão a promoção do setor que representa.

Eventos secundários

Muitos eventos, seminários e iniciativas serão desenvolvidos pelos dois organizadores, oferecendo oportunidades para análises e discussões aprofundadas sobre os temas mais atuais da produção industrial. Paralelamente aos caminhos compartilhados entre a 33.BI-MU e a Xylexpo, haverá iniciativas específicas nos programas de cada feira.

A Xylexpo renova a nomeação para os “Xia-Xylexpo Innovation Awards”, que em 2022 premiará o compromisso com o “negócio sustentável” (“Green Award”) e o desenvolvimento de soluções e estruturas digitais (“Digital Award”). Um prêmio específico irá para as melhores tecnologias para a produção de mobiliário com um conteúdo de design especial (“Prémio de Design”).

A Xylexpo também dedicará três dias de exposição a tantos temas da marcenaria, por meio de eventos e roteiros tecnológicos que colocarão em destaque segmentos específicos do processo produtivo. Na quarta-feira, 12 de outubro, o tema será o processamento de painéis. Na quinta-feira, 13, será dedicada ao acabamento superficial, a sexta-feira, 14, aos processos de serraria à produção de material semiacabado.

Exportações de móveis e colchões crescem

Segundo a tradição, a 33ª edição do BI-MU apresentará algumas novas iniciativas. Entre estes, destaque para “Robot Heart”, a nova área expositiva dedicada à robótica industrial, automação, tecnologias relacionadas, componentes, sistemas, sensores e inteligência artificial, cada vez mais adotados em diversos setores: de máquinas-ferramentas à engenharia mecânica, de eletrônicos a automotivos, de alimentos e bebidas a produtos farmacêuticos, de logística a embalagens, de biomédicos a cosméticos, todas essas indústrias estarão amplamente representadas entre os visitantes.

As estrelas da mostra serão fabricantes, integradores, universidades e representantes do mundo académico e da investigação, spin-offs e startups, todas as facetas de um sector que atualmente desempenha um papel fundamental no desenvolvimento da competitividade da indústria sistema. A variedade de atores envolvidos é o diferencial deste projeto, que não é “apenas” uma feira de negócios, mas também um laboratório de ideias, um local de produção cultural e de compartilhamento de conhecimento, em benefício de todos aqueles que atuam no setor.

Além do replay de “BI-MUpiù”, a arena dedicada à discussão aprofundada de temas específicos, e “BI-MUpiù Additive”, a área dedicada ao mundo da manufatura aditiva, o evento apresentará algumas iniciativas.

O evento será realizado com a parceria da Acimall, associação de fabricantes italianos de máquinas-ferramenta para marcenaria; UCIMU Sistemi per Produrre, a associação de fabricantes italianos de máquinas-ferramenta, robôs e automação; Fiera Milano; Agência de Comércio Ita-italiana; Eumabois, a Federação Europeia da Indústria de Tecnologia para Trabalho em Madeira; e Cecimo, a Associação Europeia das Indústrias de Máquinas-Ferramentas. Os parceiros de mídia da 33-BI-MU e da Xylexpo são as revistas do setor Xylon e Xylon International e Tecnologie Meccaniche.

Plataforma digital da Ligna conecta indústria moveleira e madeireira

Ligna Innovation Network foi realizada durante três dias de forma digital, inovativa e interativa para conectar indústria que trabalham com madeira

Publicado em 1 de outubro de 2021 | 12:00 |Por: Thiago Rodrigo

A Ligna Innovation Network fez uma estreia convincente de 27 a 29 de setembro de 2021. O novo evento digital para a indústria internacional de processamento de madeira demonstrou de forma impressionante a importância de tal formato nestes tempos desafiadores. Foram 120 empresas expositoras e mais de 80 palestrantes renomados da indústria, política e pesquisa estabeleceram novos impulsos e mostraram perspectivas para a indústria.

Mais de 5 mil participantes registrados aprenderam sobre as inovações e tendências do setor de madeira e móveis. O evento foi organizado pela Deutsche Messe Hannover em conjunto com a VDMA Woodworking Machinery Association ao longo dos temas de foco da Ligna.

“Estamos muito satisfeitos que o formato digital da Expo, Conferência e Networking tenha recebido uma resposta tão ampla, e que muitas empresas conhecidas, especialistas e representantes da indústria tenham trocado suas ideias na Ligna Innovation Network”, diz Jochen Köckler, CEO da Deutsche Messe AG.

Leia sobre a última edição da Ligna e da Interzum

O evento destacou oportunidades para a indústria e encorajou o diálogo em torno dos três tópicos principais: processamento ecológico de materiais, transformação da madeira e processos de construção pré-fabricados. “Isso provou de forma impressionante que a indústria está pronta para abrir novos caminhos onde as condições estão mudando”, acrescenta.

“As inovações apresentadas aqui pelas empresas, bem como os tópicos discutidos no programa da conferência interativa, deixaram claro como o intercâmbio continua a ser importante para enfrentar os desafios atuais nos negócios e na sociedade”, diz Bernhard Dirr, diretor administrativo da VDMA Woodworking Machinery Association. “Mesmo que tenhamos perdido o contato pessoal que temos em uma feira de negócios, a Ligna Innovation Network mostrou claramente como os eventos digitais podem ser informativos e inspiradores”.

Visão geral abrangente do produto

As 120 empresas expositoras, alemãs e internacionais, mostraram visões gerais de produtos abrangentes e aplicações, fornecendo informações sobre soluções concretas por meio de livestream e chats de vídeo.

As novidades em produtos dos expositores da Ligna

Raphaël Prati, Chief Marketing & Communications Officer da Biesse Group, destaca a importância do formato digital: “É importante divulgar as inovações aos nossos clientes para que possam melhorar o seu próprio negócio. A Ligna Innovation Network tem sido excelente oportunidade para nós, pois nos dá a possibilidade de atingir o nosso público de uma forma diferente, divulgando as nossas novidades e apresentando as nossas soluções a um vasto público ligado à LIGNA”, garantiu.

Robert Falch, sócio-gerente da Minda Industrieanlagen GmbH, acrescentou: “Um evento como a Ligna Innovation Network é muito importante em tempos como estes. Não podemos atender os clientes pessoalmente no momento, pelo menos temos a oportunidade de nos apresentar, mas também para comunicar. Nossas expectativas foram totalmente atendidas. Podemos imaginar que a Ligna Innovation Network fornecerá um bom impulso para eventos Ligna futuros, de modo que teremos eventos híbridos genuínos”, afirmou.

Conferências da Ligna Innovation Network

A fim de promover o diálogo para uma bioeconomia voltada para o futuro, o Wood Industry Summit foi lançado como um evento digital pela primeira vez. A conferência online reuniu mais de 30 especialistas internacionais da indústria e da política que examinaram a bioeconomia baseada na madeira a partir de uma variedade de perspectivas.

Você pode conferir as conferências aqui

“A sustentabilidade só pode ser alcançada de forma prática com bioeconomia. Isso requer um fornecimento confiável de matérias-primas pela indústria florestal”, explicou Alexander Kaulen, Chefe do Departamento de Logística de Madeira e Gerenciamento de Dados, Kuratorium für Waldarbeit und Forstwirtschaft e.V. (KWF). “Recebi muitas informações sobre a bioeconomia pós-abastecimento de madeira na indústria de processamento através do Wood Industry Summit. Acho que a conexão profissional das indústrias é uma grande conquista do congresso”.

No Ligna Fórum digital, palestrantes renomados apresentaram ideias e visões sobre o assunto da transformação da madeira por meio de digitalização e networking. Aqui, os desenvolvimentos atuais e futuros na digitalização foram destacados e suas oportunidades para a indústria – de empresas de artesanato para grupos industriais – discutido.

Tópicos da Ligna Innovation Network

No tópico em foco “Processos construtivos pré-fabricados na construção em madeira”, foi debatido o uso da madeira como material de construção e as respectivas etapas de planejamento, pré-fabricação e montagem de estruturas de madeira.

O artesanato em madeira também não foi esquecido. No Spotlight Handwerk, especialistas deram impulsos e sugestões sobre diversos temas como amianto e saúde e segurança ocupacional, medição digital ou digitalização em treinamentos.

Veja como foi o Supersalone com cobertura in loco da Móbile

Além disso, a Holzbau Deutschland apresentou o Prêmio Alemão de Construção de Madeira 2021 (German Timber Construction Award 2021). Os projetos premiados incluem a nova construção do Bauhofstraße Hotel em Ludwigsburg, a reconstrução da Igreja de Santa Marta em Nürnberg, a extensão da Escola Metropolitana de Berlim e o conceito para o assentamento modelo ecológico em Prinz-Eugen-Park em München, o maior assentamento contíguo de construção de madeira na Alemanha.

Sob o lema “Projetando sua própria superfície”, especialistas e usuários destacaram as tendências atuais para o design de superfícies individuais e de alta qualidade e relataram suas experiências na segunda conferência do Simpósio DIPA (Digital Printing Association).

Feira Ligna 2023

A próxima Ligna será realizada de 15 a 19 de maio de 2023. Antes disso, a primeira Rosenheim Ligna Conference será realizada de 1 a 2 de junho de 2022. Ela será organizada pela Deutsche Messe juntamente com o TH Rosenheim, a instituição educacional de renome mundial para jovens profissionais altamente qualificados na área de tecnologia da madeira.

Supersalone 2021 encerra com 60 mil visitantes

Uma aposta da organização da feira, o Supersalone 2021 foi realizado menor, de forma diferente, mas atraiu pessoas e mostrou bons designs

Publicado em 13 de setembro de 2021 | 12:00 |Por: Thiago Rodrigo

Mais de 60 mil pessoas participaram do evento especial Salone del Mobile.Milano, o Supersalone 2021. O presidente italiano Sergio Mattarella, destacou a coragem e a qualidade inerente à feira que superou as expectativas em termos de fluxo de visitantes. Segundo a organização do iSaloni, o evento selou a recuperação da cidade, de todo um sistema e do país italiano como um todo. O Supersalone atuou também como impulsionador da também especial 60ª edição do evento, marcada para 5 a 10 de abril de 2022.

O Supersalone foi concluído com um desfecho positivo, graças aos poderes de atração e grande apelo de um original formato de exposição das empresas. Tudo com olhar para a garantia de máxima segurança para profissionais e visitantes, graças às verificações e centros de testes de Green Pass nas entradas, permitindo a visita da feira sem riscos de pessoas positivas com o coronavírus.

Leia tudo sobre o Supersalone no eMóbile

Foram 425 marcas que exibiram seus produtos, 16% de outros países, com um adicional de 170 jovens estudantes de design de 22 países e 39 designers independentes. Em termos de fluxo de visitantes, foram registradas mais de 60 mil presenças em seis dias, 30% delas provenientes de 113 países. Mais da metade eram operadores comerciais e compradores (47% de fora da Itália). Compareceram quase 1,8 mil jornalistas credenciados de todo o mundo, inclusive a Revista Móbile.

Greta Arcila

Leia reportagem completa do iSaloni na Móbile Fornecedores 311

Supersalone 2021 digital

A nova plataforma digital Salone del Mobile.Milano também teve um papel decisivo, ampliando o evento durante o Supersalone 2021 para além do evento físico. Lançou uma nova abordagem, tendo uma adesão sem precedentes por parte dos visitantes da feira e usuários remotos. Os números até quinta-feira, 9 de setembro, fornecem um retrato de uma comunidade dinâmica e crescente, com 50% de logins italianos e 50% internacionais.

O QR Code disponibilizado para cada empresa e produto na feira foi lido 22 mil vezes por meio do novo aplicativo. 1,5 milhão de páginas da web foram visualizadas por uma média de 90 mil usuários por dia. A nova conta Salone del Mobile.Milano no TikTok, na qual 19 vídeos foram carregados durante os primeiros cinco dias de Supersalone, teve mais de 630 mil visualizações no total, enquanto os três primeiros episódios do “Super! Podcast” foi transmitido 2 mil vezes, chegando imediatamente ao Top 100 dos podcasts italianos da Apple. Os canais sociais (Instagram, Facebook, Linkedin, Twitter), registraram 15 milhões de impressões, 25 mil interações e 50 mil visualizações de vídeos.

Confira edição 310 da Móbile Fornecedores

Os números reforçam o desejo de aproveitar todos os canais digitais possíveis para continuar a transmitir a voz ao vivo do Salone del Mobile.Milano, 365 dias por ano. A próxima edição da feira em Milão será de 5 a 10 de abril de 2022 e todas as informações sobre o evento você confere na revista Móbile Fornecedores 311 – com uma reportagem mais sucinta na Móbile Lojista 382.

Destaques do Supersalone 2021: cadeiras, led e natureza

iSaloni reuniu expositores e visitantes no fim do verão europeu para na edição especial chamada de Supersalone 2021; confira mais destaques

Publicado em 10 de setembro de 2021 | 14:11 |Por: Thiago Rodrigo

Além de pedras, tecidos cinzas e madeira natural, o Supersalone 2021 teve nos estandes padronizados nos quatro pavilhões em Rho outros destaques. A nova presidente do Salone del Mobile, Maria Porro, comentou que as empresas estão finalmente colocando a sustentabilidade como um grande pilar e de olho no ciclo de vida de seus produtos. “Todo mundo está falando de sustentabilidade. Há uma outra vida depois, eu sinto que as marcas estão pensando a respeito desse aspecto”, disse.

Confira mais informações sobre as tendências do Supersalone 2021 na cobertura completa do evento nas revistas Móbile Lojista 382 e Móbile Fornecedores 311

Nesse sentido, a Pedrali mostrou cadeiras fabricadas com plástico 100% reciclado, destacando que 50% do produto criado foi utilizado de plástico de pós consumo e 50% de lixo industrial. Além de ter certificação FSC® em seus produtos, também destacou utilizar tintas com base de água e resinas derivadas das plantas.

As luzes Led foram bastantes vistas no interior dos móveis de quartos, que quase sempre contaram com vidros permitindo visualizar dentro do móvel. Assim, os guarda-roupas em sua maioria foram exibidos com essa proposta “aberta”, com estruturas em metal e “paredes” e/ou somente portas com vidros que permitem ver o interior do mobiliário, com a madeira presente no fundo, no inferior ou nas gavetas, às vezes prateleiras.

Thiago Rodrigo

Supersalone 2021

Luzes leds e armários com frentes em vidro presentes nos guarda-roupas e outros móveis

As cadeiras tiveram vários lindos designs, muitas com linhas simples e traços fluídos, algumas quase minimalistas e sempre visando o aconchego ao sentar. As marcas MSilva e Sedja se destacaram neste sentido enquanto a Giorgetti apresentou uma proposta com linhas dinâmicas que encantaram a todos que passaram.

Thiago Rodrigo

Supersalone 2021

Cadeira da Giorgetti

Em cozinhas, o arquiteto italiano Stefani Boeri – que concebeu o layout da feira – apresentou para a Arancucine uma cozinha em ilha com tudo escondido atrás de muita multifuncionalidade, cantos curvos e mistura de cinza escuro com madeirado que remete a madeira desgastada. A natureza esteve presente no móvel com uma árvore ao centro da ilha com espaço para cozinhar, preparar e guardar alimentos, além de guardar e lavar louças e utensílios.

Supersalone 2021

Cozinha da AranCucine por Stefano Boeri

Tendências do Supersalone 2021: pedras, tecidos cinzas e madeira natural

Salão do Móvel de Milão apresentou pedras, tecidos e madeira natural em demasia; leia mais sobre essas e outras tendências no Supersalone 2021

Publicado em 9 de setembro de 2021 | 06:43 |Por: Thiago Rodrigo

O Supersalone 2021 é a primeira grande feira de móveis do mundo a ser realizada após o estouro da pandemia de coronavírus. Sem a possibilidade de realização da edição de 2020, o tradicional evento também chamado de iSaloni reuniu expositores e visitantes no fim do verão europeu, com o cenário melhor controlado acerca da pandemia de coronavírus, para exibir as tendências em mobiliário em uma edição especial chamada de Supersalone.

Confira mais informações sobre as tendências do Supersalone 2021 na cobertura completa do evento nas revistas Móbile Lojista 382 e Móbile Fornecedores 311

Com expositores reunidos em apenas quatro pavilhões do complexo de feiras em Rho, eles mostraram novidades em design de móveis dentro de suas especialidades e das diferentes mostras do iSaloni: EuroCucina e Tecnologia para a Cozinha (FTK), Euroluce, Workplace 3.0, SaloneSatellite, S.Project, Exibição Internacional para Banheiro e Exibição Internacional de Acessórios de Mobiliário.

Um grande destaque desta edição do Salão do Móvel de Milão foram as pedras. De diferentes cores e formas, mas predominantemente brancas, elas apareceram em diversos estandes, com muitas marcas apostando nelas em tampos de balcões de cozinhas, frentes de móveis ou de mesas de centro, também em mesas de jantar.

Thiago Rodrigo

Supersalone 2021

Madeira natural com texturas que acompanham os veios da madeira

Definitivamente, as pedras ocuparam uma posição de destaque para compor a casa com sofisticação e “presença”. Elas apareceram até mesmo em partes de móveis cujo a maioria era de madeira ou de forma “fake” atrás de vidros. Também esteve combinada com todo tipo de madeira e cor.

Por sua vez, os tecidos cinzas – em diversos tons – foram frequentes e integraram a maioria dos sofás e camas exibidos no evento. Além dos tons de cinzas nos tecidos de sofás e camas, os tons terrosos tiveram alguns destaques e o verde também foi muito visto nas peças seja em algumas partes de móveis ou em móveis inteiros como cadeiras. O couro apareceu pouco e quando não era preto esteve em tom terroso. Os acabamentos dos móveis se alternaram entre fosco e brilho.

Thiago Rodrigo

Supersalone 2021

Tecidos estiveram, em sua maioria, em tons de cinzas e claros

Supersalone 2021: sustentabilidade e ciclo de vida do móvel

Presidente do Salone del Mobile, Maria Porro diz que empresas estão olhando mais para sustentabilidade e o ciclo de vida do móvel

Publicado em 7 de setembro de 2021 | 19:40 |Por: Thiago Rodrigo

“Todo mundo está falando de sustentabilidade, mas espero que não seja tarde”, disse Maria Porro, a nova presidente do Salone del Mobile Milano, que realiza a maior feira de design de móveis do mundo. O iSalone, como é conhecido, ocorre em formato especial neste ano ainda atípico, como Supersalone 2021 desde o dia 5 e até o dia 10 deste setembro.

Na coletiva de imprensa neste dia 7 de setembro, ela apontou que o móvel, feito de tantos materiais, parece ser simples de ser manufaturado, mas não é. Para além do produto acabado seja com madeira, metal, pedras, couros, vidros e outros componentes e insumos, uma parte muito importante do mobiliário é o ciclo de vida, considerando não apenas de onde o móvel vem, mas para onde o móvel vai, e também a responsabilidade social das empresas moveleiras.

“Há uma outra vida depois, eu sinto que as marcas estão pensando a respeito desse aspecto. Não é menos é mais, mas talvez estejamos voltando para a essência do móvel”, disse e acrescentou: “Penso que as empresas de móveis têm de pensar em ambas as partes: de onde vem e para onde vai, além dos materiais, as condições de trabalho das pessoas da empresa, os locais de trabalho são bons ou não, eles usam boa energia?”.

Mobiliário brasileiro no Supersalone

Diante dessas questões, ela considera que o Salone del Mobile tem a oportunidade de questionar e debater isso enquanto as empresas fazem o mesmo com base na pesquisa. “O filósofo italiano Petrosini me disse que o ser humano é um agricultor e um guardião. Se for somente um guardião, o mundo para. Se for somente um fazendeiro, o mundo pode ser destruído. O balanço está entre esses aspectos”, disse Maria.

Ela não acredita que tem de parar a pesquisa, porque faz parte da natureza do ser humano, mas fazer o mesmo balanço e dar a mesma importância tanto para o lado guardião quanto para o lado fazendeiro/agricultor, sendo importante falar da essência da empresa para todos. “É importante comunicar para os consumidores. Somos responsáveis pelo produto e pelo reuso, a segunda vida do móvel”.

Maria Porro comentou sobre os escritórios de trabalho. “Talvez as marcas de móveis possam oferecer serviços, então, não somos apenas vendendo a cadeira, mas além de vendendo, porque afinal é um negócio, mas também para manter o móvel. Então há também uma segunda vida. Sim, é preciso mais a essência, não só o produto, mas a história dele, que dure”.

Acompanhe mais sobre a cobertura do Supersalone 2021 aqui e nas revistas Móbile Lojista e Móbile Fornecedores.

Supersalone 2021

Mobiliário brasileiro marca presença na Itália no Fuorisalone

Tradicional participante tanto do famoso iSaloni quanto do Fuorisalone, mobiliário brasileiro marca presença na Semana de Design de Milão

Publicado em 7 de setembro de 2021 | 08:00 |Por: Thiago Rodrigo

O mobiliário brasileiro está mais uma vez presente na capital mundial do design: Milão. A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) lidera a participação do Brasil na Semana de Design de Milão (Itália), com ações nos dois maiores eventos do calendário moveleiro internacional: o Supersalone 2021, edição especial do grandioso Salone del Mobile (o iSaloni), que começou domingo, dia 5 e vai até o próximo dia 10 de setembro; e o Fuorisalone, circuito de design, mobiliário, arquitetura e decoração com mais de mil mostras em sua programação, que ocorre desde o dia 4 até 19 de setembro.

A presença brasileira na Itália é marcada pelo Projeto Setorial Brazilian Furniture, desenvolvido pela Apex-Brasil em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) que proporcionam, pela nona vez, que dez empresas brasileiras exponham suas peças e conceitos na mais importante feira do setor de móveis e decoração, posicionando-as junto às maiores marcas do planeta. Entre as marcas brasileiras no Supersalone 2021 estão: ByKamy, Cristais São Marcos, estudiobola by Rizzon, Florense, Lovato, Modalle, Ornare, Sier, Tidelli e Uultis.

Thiago Rodrigo

Cadeiras da Uultis

As empresas brasileiras estarão no Pavilhão 03 do espaço Rho Fiera Milano, tradicionalmente um dos mais visados espaços do Salone del Mobile. Assinada pelo escritório brasileiro Moreira do Valle, sediado em São Paulo (SP), a cenografia é baseada em tons de verde que remetem às cores do Brasil, e busca mostrar o potencial da diversidade do design nacional.

Além do Supersalone, a programação da Semana de Design de Milão, que neste ano se estende até o dia 19 de setembro, conta ainda com múltiplos projetos de cultura e abre as portas de alguns de seus locais históricos para numerosas mostras e exposições que ocorrem paralelamente à feira: o chamado Fuorisalone.

Brasil – Design em Movimento

É no Fuorisalone que a Apex-Brasil organiza a mostra Brasil – Design em Movimento, que reunirá cerca de 50 empresas e designers brasileiros de diversos segmentos, 20 dos quais também são empresas de móveis integrantes do Brazilian Furniture. É a sexta participação oficial do Brasil no circuito.

A edição deste ano celebra o 30º aniversário do Fuorisalone, criado em 1990 e que rapidamente se tornou internacionalmente reconhecido como evento de referência nos segmentos de design e arquitetura. Esta edição tem o objetivo de ativar as conexões criativas, ligando designers, empresas, redes de distribuição, imprensa e outros protagonistas da criatividade.

Para aproveitar a proposta criativa do evento, a mostra Brasil – Design em Movimento ressalta os conceitos de criatividade, sustentabilidade, inovação e diversidade aplicados à indústria moveleira nacional e considerando as dimensões continentais de nosso País. O visitante fará uma verdadeira imersão no que há de mais atual em termos de materiais, sustentabilidade e design integrado à indústria, com o Brasil ocupando uma área de 300 m² no célebre espaço do Portico Richini, na Università Degli Studi di Milano.

Mobiliário brasileiro

“Apresentaremos o design nacional em suas diferentes formas, regiões e características, destacando aspectos de inovação, criatividade, materiais usados, praticidade de montagem e transporte”, detalha o interior designer José Roberto Moreira do Valle, que também é curador da mostra brasileira. Para promover essa imersão, as peças que compõem a Brasil – Design em Movimento serão separadas por famílias e categorias de cadeiras, poltronas, bancos, mesas, birôs, gaveteiros, luminárias, tapetes, objetos decorativos, utilitários para cozinha e banheiros, entre outros objetos.

Aproveitando o espaço da mostra, ainda, a convite da Apex-Brasil, a Abimóvel criou o lounge de design brasileiro em Milão, como parte do Programa de Design Integrado à Indústria e do Projeto Setorial Brazilian Furniture. O lounge será a casa do Brasil durante o Fuorisalone, sendo um espaço totalmente direcionado para o relacionamento das indústrias de móveis e designers brasileiros com o mercado internacional, para divulgação de seus produtos aos compradores e jornalistas visitantes de todas as partes do mundo.

Confira todas as notícias sobre o Supersalone

O espaço conta também com a exposição de produtos criados pelos designers nacionais que integram o Projeto de Design Integrado à Indústria do Mobiliário. São eles: Aciole Félix, Bruno Faucz, Daniel Simonini, Diogo Giácomo Tomazzi, Emerson Borges, estudiobola, Fabrício Roncca, Henrique Steyer, Lattoog, Marcelo Bilac, Mula Preta, entre outros.Milano Design Week

José Roberto Moreira do Valle atua como decorador há mais de 20 anos à frente do escritório Moreira do Valle Decorações e Eventos, em São Paulo. Seu trabalho tem como inspiração a satisfação do cliente, buscando aliar bom gosto, sofisticação e criatividade. Na área de decoração, tanto residencial quanto comercial, desenvolve estudos e pesquisas específicas para cada projeto de acordo com as solicitações e necessidades de cada cliente. Entre outros destaques, criou o evento Brazil S/A, que acontece durante a Semana de Design de Milão desde 2010 e tem como objetivo principal promover o design brasileiro.

A Abimóvel trabalha há mais de trinta anos com o compromisso de desenvolvimento e fortalecimento do setor moveleiro e da indústria nacional. Em parceria com a Apex-Brasil, por intermédio do Projeto Brazilian Furniture, a entidade vem promovendo a competitividade da indústria brasileira de móveis no mercado internacional por meio de ações estratégicas, destacando em Milão a importante iniciativa do Programa de Design Integrado à Indústria, que tem como base o design como uma ferramenta transdisciplinar e estruturante. Disseminando e atuando junto à indústria para o surgimento de novos conceitos e formas de entendimento da produção, do consumo, dos processos, da inovação, da criatividade, interação e sustentabilidade.

Móveis brasileiros no Supersalone 2021

Supersalone 2021 conta com móveis brasileiros de dez empresas por meio do Projeto Brazilian Furniture da Abimóvel e Apex-Brasil

Publicado em 6 de setembro de 2021 | 08:00 |Por: Thiago Rodrigo

A indústria brasileira de móveis está presente na Itália para mostrar seus produtos para o mundo todo na maior feira de design de móveis do mundo. Dez empresas associadas à Abimóvel – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário, que por meio do Projeto Setorial Brazilian Furniture, apoiado pela Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, exibem móveis brasileiros no Supersalone 2021.

Ultis em Milão

São elas: by Kamy, Cristais São Marcos, estudiobola by Rizzon, Florense, Lovato, Modalle, Ornare, Sier, Tidelli e Uultis. Assinada pelo escritório brasileiro Moreira do Valle, sediado em São Paulo, a cenografia do espaço brasileiro é baseada em tons de verde que remetem às cores do Brasil, e busca mostrar o potencial da diversidade do design nacional. O Brazilian Furniture criou um hotsite especial para a feira.

Empresa multicultural, a by Kamy está consolidada como uma das principais grifes de tapetes do Brasil, investindo na descoberta de novas cores e matérias-primas para aplicar nos seus produtos de design contemporâneo.móveis brasileiros no Supersalone

Fundada nos anos 50 com raízes italianas sob a cultura do fatto a mano, a Florense é uma fábrica brasileira de produtos moveleiros high-end e de processos produtivos ecologicamente corretos, que busca inovar sempre para oferecer o que há de melhor em mobiliário.móveis brasileiros no Supersalone

Com sede no interior paulista, a Modalle surgiu a partir da paixão por móveis e o desejo em ser referência na área de convivência, trabalhando exclusivamente com grandes designers que garantem inovações no mobiliário.móveis brasileiros no Supersalone

A empresa familiar brasileira Ornare produz com excelência armários e móveis sob medida de alto padrão para cozinha, living, sala de banho, home theater e closet. Possui coleções assinadas por grandes arquitetos e designers brasileiros como Patrícia Anastassiadis, Marcelo Rosenbaum, Guto Índio da Costa, Zanini de Zanine, entre outros.

Referência no Brasil e no mercado externo no segmento de salas de jantar, homes, racks e complementos de alto padrão, a Sier Móveis foi criada nos anos 90 para decorar com estilo, qualidade, sofisticação e bem-estar.

Já inspirado nas essências da natureza, a marca premium do grupo Herval, a Uultis é uma empresa da região sul brasileira que produz móveis que irradiam a cultura do design. Na elaboração das peças abordam uma linguagem urbana e sofisticada que valoriza o acabamento e detalhes artesanais.móveis brasileiros no Supersalone

Desenho autoral e simplicidade formal é o que norteia a criação do mobiliário do estudiobola. Peças selecionadas são produzidas em parceria com a fábrica de Móveis Rizzon, produtora de mobiliário em madeira há mais de 30 anos.móveis brasileiros no Supersalone

A Lovato, por sua vez, especializou-se na produção de móveis de área externa, com seus produtos estando presentes em mais de oito países. Localizada nos arredores de Curitiba, Paraná, a indústria possui a missão de aliar bom gosto, sofisticação, qualidade e inovação em seus móveis.móveis brasileiros no Supersalone

Brazilian Furniture marca presença no Supersalone 2021

Projeto da Abimóvel, Brazilian Furniture conta com diversas empresas brasileiras presentes no Supersalone 2021, edição especial do Salone del Mobile Milano

Publicado em 3 de setembro de 2021 | 10:03 |Por: Portal eMóbile

Primeiro grande evento do setor moveleiro a reabrir suas portas ao público na Europa, o Supersalone 2021 terá a presença do Projeto Brazilian Furniture. A edição especial do Salone del Mobile Milano terá dez empresas brasileiras nos pavilhões do tradicional Rho Fiera entre os dias 05 e 10 de setembro.

A programação do projeto para a Semana de Design de Milão na Itália, que ocorre concomitantemente à feira, ainda conta com um evento exclusivo no Fuorisalone, com a exposição de outras 20 marcas e designers de móveis brasileiros na cidade que é considerada a meca do design mundial.

Para a Abimóvel – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário, entidade organizadora do Projeto Setorial Brazilian Furniture junto à Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, participar deste momento de retomada das feiras de negócios ao redor do mundo, confirma o posicionamento da indústria brasileira de móveis em um papel precursor e de grande relevância, em sinergia com os maiores mercados moveleiros do planeta, tal qual o italiano.

Supersalone 2021

Após 18 meses, o maior evento moveleiro e de design do mundo ressurge, então, com dinâmica e proposta diferentes para 2021. Pensado para ser um evento único realizado apenas neste ano, o Supersalone visa ser uma resposta para a indústria e a economia italiana em um período que, embora ainda restritivo, países do mundo todo se preparam para a reabertura de mercado.

O novo conceito conta com cinco colaboradores internacionais trabalhando ao lado do curador Stefano Boeri — notável arquiteto italiano. O objetivo da curadoria é o de conceber o Supersalone com foco não só na exposição de produtos e na realização de negócios, mas também no entretenimento e no envolvimento dos visitantes com um projeto único e alinhado com os tempos em que vivemos, incluindo a reconexão social.

Dessa forma, o Supersalone também estará aberto todos os dias para o público em geral. Lembrando que no formato tradicional do iSaloni, o público não profissional só tinha acesso aos dois últimos dias do evento. Além de desfrutarem de música ao vivo, experiências gastronômicas e palestras com importantes nomes da indústria do mobiliário, da arquitetura e da decoração, esses visitantes poderão conhecer em primeira mão o que há de mais inovador em matéria de design e soluções para o viver, antes mesmo de chegar às lojas. Aliás, será possível inclusive adquirir as peças lá apresentadas diretamente dos fabricantes. Uma mudança significativa no escopo da feira.

Produção de móveis cai em julho

Quando se trata do layout do evento, que contará com um formato reduzido, não ocupando todos os pavilhões do Rho Fiera, a dinâmica proposta por Boeri e seus cinco colaboradores segue a ideia de uma grande biblioteca de design. Que celebrará a atenção e o cuidado com os espaços contemporâneos, pensados para valorizar e harmonizar os novos produtos e criações desenvolvidos pelas empresas expositoras nos últimos 18 meses.

O layout consistirá em longos conjuntos paralelos, projetados para categorias específicas de produtos. Permitindo, assim, que os expositores criem suas próprias identidades e apresentem seus produtos em paredes verticais e, em alguns casos, em superfícies horizontais, ambas modulares. Como em um museu.

Esta configuração de exposição “fluida e dinâmica”, de acordo com seus idealizadores, visa permitir que os visitantes naveguem livremente dentro de um enorme arquivo nacional e internacional de criatividade, excelência e know how em design. Confirmando, assim, o objetivo de entregar aos profissionais e consumidores finais uma experiência de compra envolvente e única.

Brazilian Furniture

O Projeto Brazilian Furniture criado pela Abimóvel e Apex-Brasil levará as seguintes marcas brasileiras para o Supersalone, além de programado uma ação especial com a marca Etel Design.

Sier Móveis – siermoveis.com.br

Lovato Móveis – lovatomoveis.com.br

Tidelli – tidelli.com

Ornare – ornare.com.br

Modalle – modalle.com.br

Florense – florense.com.br

Grupo Herval/Uultis – uultis.com

Móveis Rizzon/Estudio Bola – estudiobola.com

By Kamy – bykamy.com.br

Cristais São Marcos – cristaissaomarcos.com.br

“Estamos muito orgulhosos e animados com a presença brasileira no Supersalone, na Itália, no próximo mês de setembro. Será o retorno da participação das indústrias e do setor na maior feira de móveis e design do mundo”, registra a presidente da Abimóvel, Maristela Cusin Longhi. “O setor, a indústria e o Brasil merecem, pois, apesar da pandemia, temos trabalhado muito para a construção de uma agenda positiva que reflita a relevância da nossa indústria”, acrescenta e sinaliza: “A participação das empresas brasileiras no mercado internacional inicia na Itália uma série de eventos internacionais de grande relevância”.

De fato, há ainda muitas novidades por vir no calendário internacional. “Por meio do Projeto Brazilian Furniture e suas ações com foco na internacionalização de nossas empresas, tais como a participação em Feiras Internacionais, Missões Comerciais e Projetos Imagem, colocamos nossa indústria frente a frente com compradores qualificados dos mais diversos países. Dessa forma, ampliando nossa produção, gerando mais empregos e movimentando a economia nacional; ao mesmo tempo em que levando o móvel, as marcas e o design brasileiro a cada vez mais mercados, que terão acesso a produtos de qualidade, valor agregado e estética inconfundível”, ressalta a diretora executiva da Abimóvel, Cândida Cervieri.

Gerente da Apex-Brasil, Clarissa Franco também dá seu depoimento: “Em 2019 e 2020, o Projeto Brazilian Furniture conquistou consideráveis indicadores de crescimento, tanto do número de empresas participantes quanto do volume de exportações, reflexo da qualidade da gestão e da maturidade nos negócios, tornando-se um projeto setorial de grande relevância para a Apex-Brasil. A participação em Milão refletirá a performance obtida em 2018 e 2019, bem como o bom momento vivido pela indústria, mostrando o melhor do design brasileiro aliado à sustentabilidade e aos nossos materiais”.

Femur 2022 confirmada: 24 a 27 de janeiro

Feira será presencial, e organização busca conciliar segurança com bons negócios, seguindo todos os protocolos de segurança exigidos

Publicado em 19 de agosto de 2021 | 11:56 |Por: Sandra Solda

A 15ª edição da Femur – Feira de Móveis de Minas Gerais está confirmada entre os dias 24 e 27 de Janeiro de 2022, e vem não apenas para abrir o calendário de Feiras, mas para alavancar a economia da região no ano da retomada pós-pandemia. Em busca da inovação no mercado, o Polo Moveleiro de Ubá larga na frente, com otimismo, expectativa de avanço na vacinação e redução da contaminação pelo vírus da Covid-19, o evento está sendo pensado com todos os protocolos de segurança exigidos, e vai marcar o reencontro do fabricante com o lojista e o mercado.

Para o Presidente do Intersind (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá), Aureo Calçado Barbosa, as expectativas para o momento da feira são ótimas, e espera que até lá, a crise sanitária esteja terminando. “Estamos no final da crise causada pelo coronavírus. Com o avanço da vacinação, vamos aumentando a tranquilidade e o conforto para a realização da feira”. Além disso, são esperadas diversas novidades para quem for visitar a Femur 2022, com inovações desenvolvidas desde a realização da edição passada.

Mesmo com esperanças para o retorno das atividades normais, a organização ressalta que a realização da feira seguirá os protocolos de segurança, com obrigatoriedade do uso de máscaras. Além disso, será incentivado que os participantes façam o check-in on-line, evitando aglomerações em filas de credenciamento, e será orientado manter o distanciamento social dentro do local de realização da feira.

Ubá, a Cidade Carinho, é quem espera mais uma vez expositores e lojistas. Na última edição, foram recebidos 12 mil visitantes, com mais de 80 estandes. Para o ano que vem, a expectativa é que esse número suba para 90. “Já começamos a trabalhar para realizar mais uma edição de nossa tradicional FEMUR. Em nome das nossas indústrias moveleiras, que vão expor durante esta edição, convido a todos os nossos clientes do Brasil e do exterior a nos visitarem.”, afirma Aureo Barbosa.

Capital Estadual da Indústria Moveleira

femur 2022

Ubá recebe o título de capital estadual da indústria moveleira

Essa edição da FEMUR é a primeira a ser organizada após a cidade de Ubá receber das mãos do Governador Romeu Zema, o título de Capital Estadual da Indústria Moveleira, em 2020. O Polo Moveleiro de Ubá nasceu da iniciativa de marceneiros empreendedores que buscavam maneiras de desenvolver seus negócios. O presidente do Intersind ressalta a importância da Femur para o sucesso da indústria local. “Desde sua primeira edição, nossa feira vem construindo um ótimo relacionamento com nossos clientes, ambiente onde trocamos experiências e demonstramos nossos produtos para o mercado.”. Com reconhecimento nacional e internacional, os produtos produzidos no polo são a base da economia de diversas cidades. “A economia de nossa microrregião, cerca de 22 municípios e uma população no entorno de 400.000 habitantes , está alicerçada na indústria moveleira e toda sua cadeia produtiva.” finaliza Aureo.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646