Adesivo hot melt é mais sustentável que adesivos base água

Tecnologia de adesivo para colagem de espuma, em sua maioria, não carbonizam, não entopem o coleiro e não possuem cheiro

Publicado em 3 de julho de 2020 | 11:15 |Por: Thiago Rodrigo

Ainda que possa se imaginar o contrário, o adesivo hot melt é mais sustentável que o adesivo base água. Quem garante são as empresas fabricantes de adesivos para colagem de substratos do setor moveleiro, como espumas utilizadas em colchões. A próxima edição da Móbile Fornecedores 299 será lançada em uma semana. Então, você poderá conferir reportagem sobre alta performance e agilidade de produção na colagem de espumas nas indústrias de colchões.

No caso de um adesivo base água, toda parte aquosa da fórmula é um veículo para a parte sólida, que é o adesivo em si, a parte que realmente fará a colagem. Nesse sentido, conforme aponta Fernando Cardoso, gerente de mercado da Artecola, o mais sustentável é aquele que não usa nenhum suporte e esse é o adesivo hot melt.

“O adesivo hot melt é 100% adesivo e será 100% usado na aplicação. O volume do produto hot melt é menor, o que reduz custos de despesa e armazenamento. A aplicação é mais rápida, pois não exige tempo de secagem. E o ganho sustentável se completa com a considerável redução do uso de água na produção do adesivo”, afirma Fernando.

Fator água

Anderson Davi Becker, consultor técnico líder de adesivos da Killing e Katiucia Jung, analista de desenvolvimento de produto da Killing, assinalam que o conceito de sustentabilidade é o equilíbrio entre o suprimento das necessidades humanas e a preservação dos recursos naturais, não comprometendo as futuras gerações.

Produção de móveis cresce em maio comparado a abril

Por conta disso, analisando ambas tecnologias, teoricamente e conceitualmente haveria uma maior sustentabilidade do adesivo hot melt por não usar água. Incluso a isso está o fato de que no adesivo base água são 50% a 60% de sólidos. Um rendimento menor que o hot melt que é composto 100% de sólidos.

Por outro lado, ele diz que não se pode esquecer que a aplicação de adesivo hot melt demanda consumo de energia elétrica. Logo, há indiretamente um consumo de água, ainda mais em um país de matriz enérgica dependente de hidroelétricas. “Devido a isso, avaliamos que ambas tecnologias são sustentáveis, não vendo vantagem nesse quesito para uma ou outra”, avaliam.

Adesivo hot melt

Ademais, a embalagem é um fator sustentável para a escolha pela tecnologia hot melt. O adesivo hot melt PSA (sensível à pressão) para colchões da H.B. Fuller, por exemplo, utiliza a tecnologia “package free” no qual a embalagem é revestida por um revestimento especial formulado com as mesmas bases do próprio adesivo, havendo integração total entre embalagem e hot melt. “Assim ele não gera resíduos para descarte no meio ambiente”, considera Karina Borin, marketing da H.B. Fuller.

Uma curiosidade é que, depois de velho, o colchão e toda sua composição são triturados e compactados. Dessa forma, ele dá vida aos aglomerados de espuma que são reutilizados em diversos segmentos, até mesmo para a fabricação de um novo colchão. “Diante disso, podemos dizer que o hot melt é uma tecnologia limpa e sustentável, comparado com o adesivo base água que pode deixar resíduo em sua embalagem”, salienta.

O hot melt também não evapora solvente. “O adesivo Technomelt® [hot melt da Henkel] é de fato mais sustentável [que adesivo base água] pois, por ser 100% sólido contribui diretamente com a redução de VOC e com o impacto à saúde e ao meio ambiente. “Outra vantagem é que esse produto utiliza uma grande concentração de matérias-primas de fontes renováveis, diminuindo o uso de matérias-primas de origem fóssil”, afirma Jeferson Segantini, Head de Negócios de Móveis e Componentes para Construção da Henkel Brasil.

Hot melt x solvente

Além dos fatores sustentáveis e de saúde, o hot melt, quando comparado à cola de base solvente, possui melhor custo-benefício, pois todo o produto é o próprio adesivo utilizado na colagem, não há perda. Por exemplo: 1 kg de adesivo hot melt será totalmente utilizado na colagem.

Já 1 kg de adesivo de base solvente terá mais de 80% de produtos ali colocados apenas para servir de veículo ao adesivo, que soma menos de 200 g do total. “Ao final da operação, esses 80% que dão suporte ao adesivo irão evaporar”, destaca Fernando, da Artecola.

Ele explica que em uma colagem base solvente, há maiores despesas com embalagem, armazenagem, frete e ainda com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os funcionários que atuam no setor de colagem. “O hot melt elimina quase todo esse custo, tendo um rendimento duas vezes maior quando comparado ao solvente”, define. Evidentemente, na comparação adesivo base água e base solvente, o base água é mais sustentável e fornece menos risco à saúde que os adesivos base solvente.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646