Cipatex lança revestimentos antivirais com tecnologia Nanox

Empresa brasileira de laminados lança revestimentos com compostos de micropartículas de prata e sílica com capacidade de inativar 99% do Sars-Cov-2

Publicado em 19 de março de 2021 | 09:59 |Por: Thiago Rodrigo

A Cipatex, empresa de laminados, lançou no início de março, revestimentos antivirais de PVC com ação contra fungos, bactérias e vírus, incluindo o Sars-CoV-2, por meio da nanotecnologia brasileira Nanox. A tecnologia conta com micropartículas de prata, que hoje vêm sendo aplicadas em diversos materiais utilizados no combate a Covid-19, como tecidos, vestuários, plásticos, entre tantos outros, que são capazes de inativar o Sars-Cov-2 por contato.

Divulgação Nanox

revestimentos antivirais

Daniel Minozzi, diretor da Nanox

Os produtos da Linha AV – Proteção Antiviral incluem os mercados moveleiro, aplicados em sofás, poltronas, cadeiras, puffs, cabeceiras de cama e outros estofados; automotivo, com revestimentos de assentos e pisos de ônibus, caminhões e vans; puericultura com ação em andadores, banheira, cadeiras para refeição, carrinhos para bebês; além do setor hospitalar, presente em cortinas de janelas hospitalares e divisórias de leitos, além de aventais e macacões para profissionais de saúde.

Nanox está presente em outros produtos do setor moveleiro

Os lançamentos já saem da fábrica com os componentes que têm capacidade de inativar 99,72% do Sars CoV-2 em até três minutos. Para comprovar a eficácia, os materiais foram testados e tiveram sua eficiência comprovada através do QuasarBio, referência em ensaios com SARS-Cov-2 que tem laudos protocolados pelo Prof Lucio Holanda Gondim de Freitas, especialista no assunto. Os ensaios foram realizados no laboratório Nível de Biossegurança 3 (NB3) – especializado na manipulação de microrganismos com alto grau de patogenicidade e que oferecem risco à vida humana e ao meio ambiente.

“A prata é conhecida há muito tempo como um produto antimicrobiano e, com a chegada da pandemia, intensificamos os estudos da ação do componente contra o coronavírus, além de outros patógenos, como vírus, bactérias e fungos. A prata interage com a parede celular de tais agentes, o que os tornam inócuos em seu contato”, explica o cofundador e diretor da Nanox, Daniel Minozzi. O Nanox está presente também nos MDF da Guararapes e em filmes plásticos da Promaflex.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646