Emprego na indústria moveleira recua 6,3% em 2020

Emprego na indústria moveleira reflete momentos distintos do setor em 2020

Publicado em 16 de março de 2021 | 10:48 |Por: Thiago Rodrigo

De acordo com os dados atualizados da “Conjuntura de Móveis”, relatório realizado pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) e o Iemi – Inteligência de Mercado, o volume do emprego na indústria moveleira recuou 6,3% no acumulado de 2020 em relação a 2019. Em dezembro de 2020 comparando-se ao mês imediatamente anterior, a queda foi de 0,7%.

Na avaliação da Abimóvel, o número poderia ter sido ainda mais preocupante. Não foi devido ao Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, estabelecido pelo Governo Federal durante o período de maior recrudescimento da pandemia em 2020.

Está no ar a Móbile Fornecedores 305

Tal momento, aliás, foi seguido por uma onda de recontratações e novas contratações durante o segundo semestre, revertendo em parte a situação. A falta de insumos para produção e de mão de obra qualificada, porém, continuam afetando o ritmo da indústria moveleira.emprego na indústria moveleira

Horas trabalhadas

O número de horas trabalhadas também apresentou recuo em dezembro em relação a novembro. Igualmente quanto ao acumulado do ano anterior: -5,8% em ambas as comparações. Por outro lado, a massa salarial apresentou aumento de 20,2% em dezembro de 2020 no comparativo com novembro do mesmo ano, avançando para R$ 481,7 milhões. Já no acumulado do ano passado, observou-se recuo de 7,6%.

Ademais, houve queda de 8,4% na produtividade no trabalho durante a passagem de novembro para dezembro de 2020. Entretanto, o acumulado do ano registra um avanço de 2,1% na mesma categoria, confirmando o grande esforço da força de trabalho moveleira em busca de reverter a produtividade perdida no segundo trimestre do ano.emprego na indústria moveleira

Registro em carteira

Em novembro de 2020, houve mais contratações do que demissões no setor moveleiro nacional. Com o saldo ficando, então, positivo em 3.744 vagas. Desse modo, puxou o desempenho no ano, que também apresentou saldo positivo na geração de empregos: 14.451 vagas. No geral, o número de empregados com vínculo formal na indústria de móveis no período foi de 244,3 mil, um aumento de 6,3% quando comparado com dezembro de 2019.

Apesar disso, o acumulado do ano fechou com queda de 7% no número de registros em carteiras no setor. Número puxado, mais uma vez, pelos meses de endurecimento das restrições sociais, com o fechamento de fábricas e o abatimento da economia nacional no período.

Emprego na indústria

Embora um ano extremamente sensível e com restrições inclusive à produção, a atividade industrial, de um modo geral, foi a que mais gerou empregos no Brasil em 2020. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregos e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, durante o ano passado foram contratadas 4,1 milhões e desligadas 3,9 milhões de pessoas na indústria. Dessa diferença, o saldo é positivo em 207.540 novos postos de trabalho.

Em contrapartida, no mesmo período, o Brasil como um todo gerou 142.690 empregos. Dados que comprovam que, não fosse o setor industrial, o saldo de empregos no País seria negativo no fechamento de 2020.emprego na indústria moveleira

Emprego na indústria em 2021

Virando o ano, apesar da provável alta na taxa de desemprego, em decorrência de todas as peculiaridades já bastante pontuadas deste primeiro trimestre, a perspectiva de crescimento dos empregos formais na indústria continua positiva, de acordo com o documento “Economia Brasileira”, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“Se conseguirmos controlar e reduzir os efeitos da segunda onda da pandemia, a atividade continuará melhorando gradativamente. Esperamos que isso ocorra com um ambiente de negócios mais favorável; com avanços em reformas microeconômicas, como o marco do saneamento; bem como com reformas estruturais, como a tributária”, opina o economista-chefe da CNI, Renato da Fonseca.

 


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646