Indústria brasileira cresce 0,9% em janeiro

Indústria moveleira rompe ciclo de três meses seguidos de quedas

Publicado em 10 de março de 2020 | 15:54 |Por: Everton Lima

Hoje (10), O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou novos dados sobre o desempenho da indústria brasileira. Trata-se de mais uma edição da Pesquisa Industrial Mensal.

De acordo com os dados desse estudo, a indústria brasileira como um todo cresceu 0,9% em janeiro — comparação com dezembro. Trata-se do melhor resultado para o mês desde 2017, quando havia crescido 1,1%. Janeiro também interrompeu uma sequência de dois meses de quedas. Em novembro, a indústria havia caído -1,6% e em dezembro -0,8%.

– Produção de móveis no Rio Grande do Sul cresceu 2,7% de janeiro a dezembro de 2019

Os setores que tiveram os melhores resultados no mês foram a indústria de máquinas e equipamentos (11,5%) veículos automotores, reboques e carrocerias (4,0%), metalurgia (6,1%) e produtos alimentícios (1,6%). Dos 26 ramos da indústria analisados pela pesquisa, 17 tiveram alta em janeiro. “Isso não ocorria desde abril do ano passado. Os resultados positivos ficaram concentrados em poucas áreas da indústria por oito meses seguidos em 2019”, destaca o gerente da pesquisa, André Macedo.

A indústria moveleira apresentou um crescimento de de 4% em janeiro — uma reação depois de três meses seguidos de queda. Em relação ao crescimento acumulado dos últimos doze meses, o percentual é de 0,2% — um crescimento de um décimo em relação ao valor acumulado registrado em dezembro. Houve uma queda 1,9% em relação a janeiro do ano passado.

IBGE

Depois de três meses seguidos de queda, indústria moveleira cresce

Acumulado dos últimos doze meses

Verificando os dados da indústria de móveis, percebe-se que janeiro de 2020 mostra uma recuperação em relação a janeiro de 2019. A indústria moveleira brasileira teve um resultado acumulado negativo naquele mês (-2,3%), fruto do desempenho da indústria nos doze meses anteriores.

Em janeiro de 2020, o resultado para o acumulado dos doze meses anteriores é de 0,2%. Apesar da melhora, o resultado é menor do que o acumulado registrado em janeiro de 2018 (5,8%). Em janeiro de 2015 e janeiro de 2017, a indústria de móveis amargou resultados piores, como mostra o gráfico a seguir.

IBGE

Resultados acumulados (últimos doze meses) dos meses de janeiro nos últimos anos

Foto: Agência Brasil


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646