Killing conquista Selo Origem Sustentável

Apenas dez empresas brasileiras detém o selo, conferido pelo único programa de sustentabilidade e ESG no mundo que certifica a cadeia calçadista

Publicado em 28 de abril de 2022 | 07:45 |Por: Thiago Rodrigo

A Killing S.A. Tintas e Adesivos é a única indústria de tintas e adesivos no Brasil a possuir a certificação do Programa Origem Sustentável. As demais empresas certificadas até agora são fabricantes de calçados, têxteis, não tecidos, laminados e injetoras plásticas de solados.

“Somos a primeira fornecedora de soluções em colagem da América Latina capacitada perante as exigências do programa, compondo mais um importante elo do trabalho de criação do cluster calçadista sustentável”, afirma o consultor de Novos Negócios da Killing, Felipe Killing Schemes.

A entrega da certificação Ouro ocorreu, em março desse ano, em evento promovido em Novo Hamburgo (RS), pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal).

De acordo com Schemes, a certificação Ouro comprova o compromisso da Killing em colaborar na transformação do Brasil em um mercado calçadista diferenciado, reconhecido mundialmente pela sustentabilidade.

“Isso favorece o movimento de mais empresas do setor de buscarem a sua certificação, unindo forças para a conquista desse espaço”, frisa. A Killing é fabricante de adesivos para calçado na América Latina com a marca Kisafix e uma das maiores fornecedoras nacionais em pigmento para couro com a marca Tintas Killing.

Abertura de novos negócios

A valorização da marca no mercado nacional e internacional auxilia na abertura de novos negócios e se destaca no varejo, tanto para lojistas, quanto para consumidores, que buscam empresas que apliquem práticas sustentáveis em seus processos.

Marcos Quintana

Killing

Felipe Killing Schemes recebe o prêmio da Killing

Em 2000, a empresa foi pioneira em atender as exigências de substâncias restritas de marcas globais de calçados esportivos, desenvolvendo, garantindo e comprovando a adequação dos seus produtos.

“Atualmente, nossas tecnologias auxiliam na redução de compostos voláteis nas linhas de produção de calçados”, destaca. A conquista do selo é a consagração de um processo natural que já nasceu no DNA da empresa, criada em 1962 e que completa 60 anos de fundação em 25 de maio de 2022.

SCM realiza Open House

“Naquela época, quando o tema ainda não era um assunto coletivo, Celestino Killing, fundador do grupo, já promovia ações de preservação ambiental fazendo a manutenção e o plantio de árvores nativas no pátio da sua empresa. Hoje, no mínimo, 60% dos nossos processos econômicos, sociais, ambientais, culturais e de gestão estão adequados às melhores práticas internacionais de sustentabilidade, alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e ao Global Reporting Initiative”, compara Schemes.

Práticas aferidas ao programa

Dos quatro níveis de certificação para o Selo Origem Sustentável – Bronze, Prata, Ouro e Diamante -, o último nível é o máximo que uma empresa pode conquistar e indica que, no mínimo, 80% de seus processos precisam estar adequados com as práticas aferidas pelo programa.

O processo de certificação forneceu muitos insights de como a Killing pode evoluir ainda mais em termos de sustentabilidade, além do cumprimento das próprias metas dos indicadores.

“Os próximos passos serão a avaliação da viabilidade, planejamento, execução e monitoramento dos resultados, se for o caso. A Política de Sustentabilidade irá evoluir de forma a alinhar a empresa a padrões e práticas ESG”, explica o consultor.

Soluções sustentáveis da Killing

A Killing está voltada para ampliar o seu portfólio de soluções que colaborem com um conceito amplo de sustentabilidade (econômica, social e ambiental), criando produtos de menor impacto ambiental com minimização de compostos voláteis e uso de materiais de fonte renovável/reciclada, assim como o aumento da produtividade, simplificação de processos, redução de resíduos e do consumo de energia.

“Exemplos não faltam: novas tecnologias de colagem que reduzem VOCs, etapas do processo e necessidade de recursos hídricos e de energia; transformação digital do processo de assistência técnica com sistema de monitoramento on-line de linhas de produção que minimizam geração de refugos por não qualidade, consumo de energia e deslocamento físico de colaboradores”, cita o consultor.

O Programa Origem Sustentável é o único de sustentabilidade e ESG no mundo que certifica empresas de toda a cadeia calçadista, com o Selo Origem Sustentável de abrangência internacional e com validade garantida por dois anos.

Marcos Quintana

Prêmio Origem Sustentável

Destaques sustentáveis da Killing

– Pioneira no desenvolvimento e na implantação de adesivos base água na indústria calçadista brasileira, em 1994;
– Uso de energia elétrica de origem renovável desde 2019;
– Parque fabril adequado à minimização da evaporação e recuperação de solventes durante o processo produtivo;
– Ações de apoio e promoção da cultura e do desenvolvimento social. Colaborações nas revitalizações de patrimônios históricos, como museus e monumentos gaúchos, além do simbólico Muro da Mauá, em Porto Alegre (RS), e da Fundação Scheffel, em Novo Hamburgo (RS),
– Ações sociais para doações a projetos e organizações sociais que vão desde cestas básicas a tintas e materiais de pintura para revitalizações de espaços. Destaque para o evento anual Meio Frango Simplesmente Juntos, que comemora o aniversário da empresa junto com a comunidade, com renda revertida para instituições locais.

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas