Produção de móveis cai 9,3% em março comparado a fevereiro

No primeiro comparativo com os meses parados na pandemia em 2020, produção teve alta de 35,8% em relação a março do ano passado

Publicado em 6 de maio de 2021 | 11:28 |Por: Thiago Rodrigo

A produção de móveis em 2020 caiu 9,3%% em março na comparação com fevereiro. Em relação a março de 2020, o crescimento foi de 35,8%, evidentemente o alto índice se justifica por conta do mesmo mês do ano passado ter tido sua produção paralisada devido à pandemia.

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado do ano (janeiro-março), frente a igual período do ano anterior, a produção de móveis cresceu 14,7%. No acumulado dos últimos 12 meses, foi registrado alta de 0,5% em relação aos 12 meses imediatamente anteriores.

Indústria geral

No mesmo comparativo, a indústria cresceu 4,4%, com resultados positivos em três das quatro grandes categorias econômicas, 20 dos 26 ramos, 58 dos 79 grupos e 65,3% dos 805 produtos pesquisados. Em março de 2021, a produção industrial caiu 2,4% frente a fevereiro, na série com ajuste sazonal. Frente a março de 2020, a indústria avançou 10,5%, sétima taxa positiva consecutiva nessa comparação e a maior desde junho de 2010 (11,2%).

Sindicatos avaliam medidas do governo

A indústria acumula alta de 4,4% no primeiro trimestre de 2021, intensificando o ritmo de crescimento frente ao último trimestre de 2020 (3,4%). O acumulado em doze meses (-3,1%) teve o recuo menos intenso desde abril de 2020 (-2,9%). O recuo de 2,4% da indústria, em março de 2021, teve perfil disseminado, alcançando três das quatro das grandes categorias econômicas e 15 dos 26 ramos pesquisados.

Receba nossa Newsletter

    Matérias Relacionadas