Polo de Ubá (MG) manterá atividades industriais

Em comunicado, o Intersind informa que não há nenhum decreto orientando a suspensão de atividades industriais. Uma nova reunião para tratar do tema ocorrerá na próxima segunda-feira

Publicado em 20 de março de 2020 | 10:22 |Por: Everton Lima

Na tarde de ontem (16), o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Ubá e Região — Intersind, emitiu um comunicado informando que as atividades industriais das empresas representadas pelo sindicato não serão paralisadas.

Os motivos são o grande impacto econômico que essa medida teria, uma vez que, de acordo com o Intersind, mais de 16 mil famílias dependem da indústria moveleira de Ubá, direta ou indiretamente. Além disso, o comunicado lembrou que ainda não há nenhum decreto no âmbito federal orientando a paralisação das atividades industriais.

Ainda de acordo com o comunicado, não há registro de nenhum caso de Covid-19 na cidade de Ubá. Até o momento de publicação desta matéria, o estado de Minas Gerais conta com 29 casos do novo Coronavírus. A grande maioria deles se concentra na capital. As cidades de Juiz de Fora, Nova Lima e Uberlândia têm dois casos cada. No entanto, Minas ainda tem 2.140 casos que estão sendo investigados, de acordo com a Secretaria de Saúde estadual.

– A Móbile apresenta os lançamentos do mercado com conforto e segurança para os seus clientes

Orientações da OMS devem ser seguidas

O informe divulgado pelo Intersind pede que as empresas moveleiras continuem seguindo as orientações dadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e secretarias municipais e estaduais, como colocar em quarentena seus trabalhadores que pertencem a grupos de riscos (idosos, doentes crônicos e gestantes).

O sindicato ainda esclarece que as empresas têm liberdade para decidirem por uma eventual paralisação de suas atividades. Uma nova reunião dos membros do Intersind está marcada para às 17h00 da próxima segunda-feira. Nesse encontro, novas orientações podem ser divulgadas à indústria moveleira de Ubá.

Algumas empresas já suspendem atividades

Algumas empresas do setor moveleiro optaram por tomar medidas internas em relação ao Covid-19. A Alternativa Componentes, localizada em Caxias do Sul (RS), deu férias coletivas aos funcionários a partir do dia 23 de março, com previsão de retorno para o dia 06 de abril.

A Artely, com sede em São José dos Pinhais (PR), também interromperá suas atividades no dia 23 de março, mas estenderá o retorno para o dia 22 de abril.  A empresa manterá o plantão comercial e financeiro, para que o atendimento aos seus clientes não seja prejudicado.


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646