CEO da MadeiraMadeira fala sobre primeira loja física da marca

Daniel Scandian conta as razões que levaram a startup a investir no mundo físico

Publicado em 6 de março de 2020 | 10:22 |Por: Everton Lima

Nesta semana, a marca MadeiraMadeira inaugurou a sua primeira loja física. A loja está localizada na cidade de Curitiba e tem como objetivo complementar a experiência do cliente que utiliza a plataforma de produtos.

Ao eMóbile, Daniel Scandian, CEO da MadeiraMadeira, explica um pouco dos objetivos por trás dessa estratégia. De acordo com ele, a motivação para investir em lojas físicas veio após uma viagem à Ásia. “Em 2015, visitamos a China e vimos muitos exemplos interessantes, viemos estudando o mercado desde então e enxergamos uma mudança no cenário do consumidor. Ele agora busca, cada vez mais, o omnichannel. Por isso, estamos buscando entender a jornada desse cliente, quais as necessidades, como ser mais eficiente no momento de decisão de compra, e a nova loja, justamente, de encontro a isso”.

— Apenas 5% dos consumidores brasileiros são leais às marcas

— Economia: indicador revela que a confiança do consumidor melhorou em 2019

A loja se valerá do conceito de guide shop, estratégia na qual o cliente vai à loja física para experimentar um produto e finaliza a compra pelos canais digitais. Para quem quiser comprar no local, a empresa disponibilizará equipamentos para a compra e vendedores para auxiliar o consumidor — mas nada impede o cliente de usar seu smartphone para fazer o seu pedido. Por ora, não será possível retirar os produtos no local.  Para Daniel, o guide shop faz muito sentido na venda de móveis. “O cliente que busca um móvel novo muitas vezes quer tocar o produto, sentir e ver a qualidade antes de adquirir. A loja dá a garantia da qualidade dos produtos em exibição e passa confiança ao cliente que quer comprar os outros produtos do site também”, explica.

Ambientes de uma casa na loja da MadeiraMadeira

Ainda pensando na experiência do cliente, a loja simula vários cômodos de uma casa, de modo que o visitante consiga entender como as peças vendidas irão compor a decoração de uma casa ou apartamento. “Todo o ambiente da loja foi montado como se fossem cômodos de uma casa, ambientados com móveis que estão disponíveis na plataforma. Temos quartos, sala de estar, jantar, cozinha… Vários ambientes montados com produtos do site — desde o móvel até a decoração. Tudo foi pensado para que o consumidor se sinta em casa, do seu jeito”, revela.

Fotos: Divulgação

MadeiraMadeira

A Loja tem diversos ambientes que possibilitam a interação com Instagram

Daniel afirma que a empresa já tinha esse objetivo há certo tempo e que a situação econômica do país não a intimidou a realizar o investimento. “Era muito claro para a companhia a necessidade de estar em todos os canais que o cliente desejasse. Nem todos os consumidores de móveis estão no digital, por isso, criamos uma extensão do nosso site no mundo físico”.

A loja fica no centro da capital paranaense. Em seu interior existem vários espaços que possibilitam a integração com o smartphone, melhorando a experiência do visitante e facilitando a compra.

A MadeiraMadeira conta com mais de um milhão de produtos em seu catálogo. No ano passado, o grupo japonês SoftBank investiu US$ 110 milhões na companhia. Atualmente, a empresa, com sede em Curitiba, conta com 800 funcionários e faturou R$ 515 milhões em 2018.

 


Notícias do Mercado Moveleiro

Conheça nossas publicações:

eMobile

Atualizado diariamente por uma equipe de jornalistas profissionais, o Portal eMóbile agrega as notícias mais atuais e relevantes para os profissionais do setor moveleiro, sejam eles industriais, varejistas, marceneiros ou designers e arquitetos.


  • CONTATO
  • contato@revistamobile.com.br
  • Avenida Sete de Setembro
  • 6810, 2º andar - Cj 18
  • Seminário | 80240-001
  • Curitiba | Paraná
  • (41) 3340 4646